cabecalho apta130219

São Paulo mantém liderança nacional nas exportações do agronegócio, no período janeiro-abril

O Estado de São Paulo manteve, no quadrimestre janeiro-abril, a liderança nacional nas exportações do agronegócio, com US$ 5,28 bilhões, apesar da queda de 12% em relação a igual período de 2011, de acordo com análise do Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento. Já as importações tiveram acréscimo de 1,6%, para US$ 3,22 bilhões, o que resultou no saldo comercial do setor de US$ 2,06 bilhões (recuo de 27,2%).
As importações paulistas nos demais setores da economia paulista (exclusive o agronegócio) somaram US $23,10 bilhões, enquanto as exportações atingiram US$ 11,46 bilhões, gerando um déficit externo desse agregado de US$ 11,64 bilhões. Assim, o déficit do comércio exterior paulista só não foi maior devido ao desempenho do agronegócio estadual, cujo saldo se manteve positivo nos primeiros quatro meses do ano, dizem os pesquisadores José Roberto Vicente e José Sidnei Gonçalves.
A participação das exportações do agronegócio paulista no total do Estado recuou 4,2 pontos percentuais. Já a queda relativa das importações atingiu 0,4 ponto percentual, na comparação do primeiro quadrimestre deste ano com o mesmo período de 2011.
Brasil
No cenário nacional, as exportações do agronegócio cresceram 2,9%, atingindo US$ 27,70 bilhões (37,1% do total). Já as importações do setor subiram 1,5%, somando US$ 9,51 bilhões (13,3% do total). Com isso, o superávit setorial foi de US$ 18,19 bilhões, um acréscimo de 3,7% sobre o mesmo período do ano anterior. “Portanto, o desempenho dos agronegócios sustentou a balança comercial brasileira, uma vez que os demais setores, com exportações de US$ 46,95 bilhões e importações de US$61,82 bilhões, produziram no período um déficit de US$ 14,87 bilhões”, concluem os analistas do IEA.
A participação do agronegócio no total da balança comercial brasileira recuou tanto em termos das exportações (0,6 ponto percentual) quanto também das importações (0,8 ponto percentual).
Por sua vez, as exportações do agronegócio paulista representaram 19,1% das vendas externas nacionais do setor, ou seja, 3,2 pontos percentuais a menos do que no mesmo período em 2011. Já as importações paulistas representaram 33,9%, sendo 0,1 ponto percentual superiores às verificadas no ano passado.
A íntegra da análise está disponível em www.iea.sp.gov.br
Assessoria de Comunicação da APTA
José Venâncio de Resende
(11) 5067-0424

 

Pin It

Notícias por Ano