cabecalho apta130219

Segurança alimentar será o foco do ITAL em 2016

O Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, terá  como prioridade em 2016 a sanidade dos alimentos. A detecção de fraudes em produtos como azeite de oliva, leite e embutidos, realizado pelo Instituto, são informações estratégicas aos consumidores e será realizada também neste ano.
Outra ação importante priorizada será a análise microbiológica realizada nas refeições oferecidas pelos restaurantes Bom Prato. O ITAL realiza análise dos produtos adquiridos pela merenda escolar e de amostras encaminhadas pela Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA), por meio do Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisp-Poa). Todas essas iniciativas devem ser ampliadas e intensificadas em 2016.
Seus laboratórios são credenciados pela ISO e realizam análise de toxinas em grãos, níveis de lactose, hormônios em carne, entre outros, oferecendo maior assistência ao consumidor.
A expectativa é que o Instituto avance na transferência dos resultados das pesquisas científicas aos produtores paulistas, especialmente aos  proprietários de micro e pequenas empresas, conforme orientação do secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim. “Estamos desenvolvendo tecnologias inovadoras como a micro capsulação, micro-ondas, nanotecnologia, biotecnologia, que são coisas mais estratégicas, além dos estudos de tendências”, afirmou Luís Fernando Ceribelli Madi, diretor-geral do Instituto.
A redução de perdas por meio da conservação de alimentos, otimização de sistema e aproveitamento integral da matéria-prima, também fazem parte dos projetos do ITAL. “Estudos internacionais mostraram que um terço da perda dos alimentos industrializados ocorre dentro da casa, gerando forte impacto econômico e ambiental. Estamos trabalhando em parceria com a Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios, inclusive no âmbito das cadeias produtivas de alimentos, para orientar o consumidor a reduzir as perdas dos alimentos”, afirmou o diretor do Ital.
Por Nara Guimarães
Mais Informações
Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo
Assessoria de Comunicação
Praça Ramos de Azevedo, 254 - Centro/SP
(11) 5067-0125

Pin It

Notícias por Ano