Apta

Secretaria realiza em Campos do Jordão cursos para aumentar produtividade da truta

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, por meio de sua Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta), realizará em Campos do Jordão, nos dias 22 e 23 deste mês, dois cursos sobre a criação da truta arco-íris. O objetivo é capacitar truticultores, técnicos em aquicultura e empresários do setor de gastronomia no desenvolvimento da truta e oferecer novidades de reprodução, incubação e manejo reprodutivo para aumentar a produção.

Ambos os cursos serão realizados no Centro de Treinamento em Truticultura “Marcos Guilherme Rigolino”, Estação Experimental de Salmonicultura (Parque Estadual de Campos do Jordão), vinculado ao Polo Regional do Vale do Paraíba da Apta. O primeiro deles será no dia 22, das 8h30 às 17h30, com o tema “Biotecnologias Aplicadas à Reprodução da Truta Arco-Íris”. Já no dia 23, das 8 às 18 horas, o curso será sobre “Tecnologia de Processamento do Sucedâneo de Caviar de Ovas de Truta Arco-Íris”.

De acordo com as pesquisadoras Yara Aiko Tabata e Thais Moron Machado, da Apta, as truticulturas brasileiras caracterizam-se, em sua maioria, como empreendimentos agrícolas do tipo familiar, pois os recursos hídricos favoráveis para a criação da truta são pouco volumosos, resultando em unidades com baixa escala de produção. A sustentabilidade econômica nessa atividade depende da utilização de tecnologias que proporcionem aumento da produtividade e diversificação de produtos de valor agregado.

A produtividade pode ser melhorada empregando-se biotecnologias aplicadas à reprodução da truta arco-íris, já a produção do ‘sucedâneo de caviar’ utilizando ovas de trutas é uma opção de novo produto de valor agregado.

Considerado uma iguaria gastronômica, o caviar, obtido das ovas do peixe esturjão, desperta interesse do consumidor e tem elevado valor agregado. Em razão da sobrepesca, o esturjão corre risco de extinção, o que pode resultar na diminuição da oferta de caviar e elevação do preço do produto final. Pesquisas em todo o mundo buscam espécies alternativas de peixes para substituir as ovas de caviar.

A tecnologia de obtenção do sucedâneo de caviar de ovas da truta arco-íris foi desenvolvida pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, através da Apta, em uma parceria envolvendo a Unidade Laboratorial de Referência em Tecnologia do Pescado do Instituto de Pesca (Centro do Pescado Marinho de Santos) e a Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento (UPD) de Campos do Jordão da Apta.

 

Confira a programação:

22/06, das 8h30 às 17h30

Biotecnologias Aplicadas à Reprodução da Truta Arco-Íris

• Manhã, das 8h30 às 12h30, aula teórica: instalações para reprodução, incubação e alevinagem; seleção e manejo de reprodutores; cuidados na coleta de ovas e de sêmen; métodos profiláticos na incubação dos ovos; seleção e quantificação de ovos embrionados para a comercialização; reversão sexual e coleta de sêmen de fêmeas masculinizadas; e esterilização pela triploidização.

• Tarde, das 13h30 às 17h30, aula prática: manejo reprodutivo da truta arco-íris - coleta de ovos e de sêmen; fertilização; incubação e manejo profilático de ovos e alevinos; indução à triploidia por choque térmico; e preparação de ração para masculinização de fêmeas.

Informações pelo telefone: (12) 3663-1021 e e-mail: updcamposdojordao@apta.sp.gov.br ou yara@apta.sp.gov.br

23/06, das 8 às 18 horas

Tecnologia de Processamento do Sucedâneo de Caviar de Ovas de Truta Arco-Íris

• Manhã, das 8h às 8h45: legislação e estrutura mínima para a produção do sucedâneo de caviar; tecnologia de processamento; pasteurização, resfriamento e congelamento; boas práticas na coleta de ovas de truta para a produção do sucedâneo de caviar; e viabilidade econômica de produção.

• Tarde, das 14h às 18h, aula prática: demonstração da tecnologia de processamento do sucedâneo de caviar de ovas de truta.

Outras informações, também pelo telefone (13) 3261-2653 e e-mail: thaismoron@pesca.sp.gov.br, yara@apta.sp.gov.br

 

Texto: Antônio Carlos Simões

Centro de Comunicação do Instituto de Pesca

www.pesca.sp.gov.br

(11) 3871-7530

Pin It

Notícias por Ano