Apta

Sardinha-verdadeira lidera pescado descarregado na costa paulista

A sardinha-verdadeira (3,3 mil toneladas) foi a principal categoria de pescado descarregada em São Paulo, no período de janeiro-julho de 2012, seguida do camarão-sete-barbas (1,7 mil toneladas) e da corvina (1,2 mil toneladas).  As 20 principais categorias de pescado descarregadas no Estado, nos primeiros sete meses do ano passado, somaram 14,765 mil toneladas, segundo o Instituto de Pesca (IP-APTA) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.
São 216 locais levantados nos 16 municípios da costa paulista. Os dados pesqueiros são obtidos por método censitário, através de entrevistas com mestres em embarcações e pescadores, bem como pela verificação de registros de descargas de pescado.
O Instituto de Pesca é responsável pela execução do Programa de Monitoramento da Atividade Pesqueira (PMAP), que é coordenado pelo Laboratório de Estatística Pesqueira (Santos) com o apoio dos Núcleos de Pesquisa e Desenvolvimento do Litoral Norte (Ubatuba) e Sul (Cananeia).
Mais da metade das 14,765 mil toneladas de pescado descarregadas, ou seja, 9,3 mil toneladas, foi capturada em Santos/Guarujá. Em segundo lugar, aparece Cananeia (1,95 mil toneladas), seguido de Ubatuba (1,32 mil toneladas). A captura total descarregada foi proveniente de 2.748 unidades produtivas. Foram 45,23 mil descargas no total.
 Os aparelhos de pesca mais utilizados na produção pesqueira descarregada foram o cerco (5,09 mil toneladas), o emalhe (2,9 mil toneladas), o arrasto-duplo-pequeno (1,95 mil toneladas), a parelha (1,66 mil toneladas) e o arrasto-duplo-médio (1,48 mil toneladas).
Para mais informações sobre a produção pesqueira marinha e estuarina no Estado de São Paulo, clique aqui

Centro de Comunicação do Instituto de Pesca
Antonio Carlos Simões
antoniosimoes@sp.gov.br 

Assessoria de Comunicação da APTA
José Venâncio de Resende/Fernanda Domiciano (estagiária)
venancio@apta.sp.gov.br e imprensa@apta.sp.gov.br
(11) 5067-0424
 

Pin It

Notícias por Ano