cabecalho apta130219

Saldo comercial do agronegócio paulista atinge US$ 5,31 bilhões no período janeiro-julho

O saldo comercial (diferença entre exportações e importações) do agronegócio paulista atingiu US$ 5,31 bilhões no período de janeiro a julho (aumento de 1,0% em relação ao mesmo período de 2008), segundo o Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento. As exportações caíram 9,4%, para US$8,56 bilhões, enquanto as importações apresentaram diminuição ainda maior (22,4%), para US$3,25 bilhões.
As importações paulistas nos demais setores - exclusive os agronegócios - somaram US$23,70 bilhões, frente a exportações de US$14,40 bilhões, gerando um déficit externo desse agregado de US$ 9,30 bilhões. Assim, o déficit do comércio exterior paulista só não foi superior devido ao desempenho do agronegócio estadual, cujos saldos se mantiveram positivos, dizem os autores do estudo Sueli Alves Moreira Souza, José Roberto Vicente e José Sidnei Gonçalves.
A participação das exportações do agronegócio paulista no total do Estado cresceu 8,5 pontos percentuais, enquanto a participação das importações aumentou apenas 0,7 ponto na comparação com os primeiros sete meses de 2008. Isso revela a intensidade dos impactos da crise econômica sobre a indústria paulista, observam os pesquisadores do IEA. 
As exportações do agronegócio brasileiro recuaram 11,3%,para US$39,20 bilhões, em relação ao mesmo período do ano anterior. Já as importações do setor diminuíram 34,0%, para US$9,67 bilhões, resultando no superávit de US$29,53 bilhões (0,1% superior ao do mesmo período do ano anterior). “Portanto, o desempenho dos agronegócios sustentou a balança comercial brasileira, uma vez que os demais setores, com importações de US$ 57,53 bilhões e exportações de US$ 44,89 bilhões, produziram no período um déficit de US$ 12,64 bilhões”, constatam os técnicos do IEA.
Em relação ao agronegócio brasileiro, as exportações setoriais de São Paulo representaram 21,8% nos primeiros sete meses do ano, ou seja, 0,4 ponto percentual a mais do que no mesmo período de 2008. Por sua vez, as importações representaram 33,6%, sendo 5,0 pontos percentuais superiores à verificada no ano anterior, concluem os pesquisadores.
Link: íntegra do estudo "Balança comercial dos agronegócios paulistas e brasileiros de janeiro a julho de 2009"
Assessoria de Comunicação da APTA
José Venâncio de Resende
(11) 5067-0424

Acompanhe a Secretaria de Agricultura no Twitter

 

Pin It

Notícias por Ano