Apta

Área de doenças suínas do Biológico é credenciada pelo Ministério de Agricultura

Desde janeiro deste ano, a realização de análises na área de diagnóstico animal para doenças dos suínos do Instituto Biológico (IB-APTA), vinculado à Secretaria de Agricultura e Abastecimento, está credenciada pelo Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). A extensão do escopo de credenciamento por parte do MAPA é uma conquista que vem ao encontro das necessidades do setor que utiliza os serviços dos Laboratórios de Doenças de Suínos, Raiva e Encefalites, Brucelose e Parasitoses, para Certificação de Granjas de Suínos Reprodutores (GRSC), explica o diretor geral do IB Antonio Batista Filho.
A Defesa Sanitária Animal também deverá ser fortalecida no que se refere às ações do IB junto ao Programa Estadual de Sanidade Suídea. O Biológico recebeu extensão de escopo de credenciamento  para a pesquisa de anticorpo anti-Brucella; pesquisa de anticorpo para o vírus da Peste Suína Clássica (PSC); pesquisa de anticorpo para o vírus da Doença de Aujeszky (DA) e para pesquisa de ectoparasitas causadores de sarna. Por conseguinte, o IB possui o único laboratório no Estado de São Paulo credenciado para realizar o diagnóstico dessas enfermidades.
A extensão de escopo de credenciamento também se aplica às doenças de Eqüídeos, diz Batista, focando o diagnóstico para a detecção de anticorpos contra o vírus da Anemia Infecciosa Eqüina. “Esta importante virose tem sido um fator limitante para a eqüinocultura deste e de outros Estados.” O IB apóia o Programa Estadual de Controle da Anemia Infecciosa Eqüina, através da realização de prova sorológica pelo Laboratório de Raiva e Encefalites.
Programas de sanidade
O Programa Estadual de sanidade suídea tem como objetivos a formulação das políticas de saúde animal e o planejamento sanitário estratégico da suinocultura, de acordo com a pesquisadora Josete Garcia Bersano. 
Entre as ações operacionais, o programa busca estabelecer normas visando disciplinar procedimentos com relação à saúde dos animais dentro do rebanho suídeo paulista; certificar e classificar as propriedades com reprodutores, de acordo com qualidade da biossegurança e controle de enfermidades específicas; orientar e fazer cumprir as exigências sanitárias solicitadas para animais a serem adquiridos dentro do Estado, bem como de outros estados ou países; responsabilizar-se pela quarentena dos animais (exportados e importados); definir as práticas sanitárias a serem adotadas pelos criadores; e monitorar as eventuais doenças exóticas ou mortalidade  animais, orientando os criadores.
Já a estratégia de gestão do programa deverá ser centralizada na concepção e aplicação de medidas sanitárias que minimizem o risco da ocorrência de doenças no Estado e na manutenção de zona livre de doenças.
Os maiores enfoques do programa são o monitoramento sorológico semestral da peste suína clássica, doença de aujeszky, tuberculose, brucelose, sarna e leptospirose nas Granjas de Reprodutores Suídeos Certificadas (GRSC); o estabelecimento da prevalência da doença de Aujeszky em suínos no Estado de São Paulo (estratégia de controle e erradicação) e o monitoramento e vigilância clínica ativa e continuada em estabelecimentos de criação identificados como de maior risco de reintrodução da PSC na zona livre.
Equídeos - O Programa Estadual de Controle da Anemia Infecciosa Equina visa controlar a doença, desenvolver sistema eficaz de vigilância epidemiológica, estimular a participação comunitária na defesa sanitária animal e proteger o rebanho eqüídeo. A Anemia Infecciosa Equina faz parte da lista de enfermidades consideradas graves e passíveis de controle, a ser adotado em todos os continentes, pela Organização Mundial de Saúde Animal (OMSA).              
Acesse álbum: http://www.flickr.com/photos/agriculturasp/sets/72157625978878859/
Assessoria de Comunicação da APTA
José Venâncio de Resende
(11) 5067-0424
Acompanhe a Secretaria:
www.agriculturasp.blogspot.com
www.twitter.com/agriculturasp
www.flickr.com/agriculturasp
www.youtube.com.br/agriculturasp
www.facebook.com
www.delicious.com/agriculturasp

Pin It

Notícias por Ano