cabecalho apta130219

PROTOCOLO COM ORPLANA GARANTE ESTUDO DE CUSTOS DA CANA

Um protocolo de cooperação técnica entre a Secretaria de Agricultura e Abastecimento, por meio do seu Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA), e a Orplana (Organização dos Plantadores de Cana-de-Açúcar) permitirá a segunda fase de um trabalho chamado “Custos de produção da cana nos diferentes sistemas de produção nas regiões do Estado de São Paulo”.  
Esta segunda fase do trabalho terá dois anos de duração e proporcionará um levantamento ainda mais detalhado dos custos por região e sua evolução. Segundo o secretário João Sampaio, assim como na primeira fase, serão considerados preços recebidos pelo produtor, preços pagos nos insumos, mecanização, criação de condomínios por região, entre outras variáveis.  
Na primeira fase do projeto do IEA, foram calculadas estimativas de custo de produção dos fornecedores de cana de seis regiões produtoras do Estado de São Paulo a partir das matrizes de coeficientes técnicos de utilização dos fatores de produção. Utilizou-se a metodologia de custo operacional de produção para as diferentes formas de realização das colheitas.
“O protocolo com a Orplana é um avanço porque contaremos com o conhecimento e a capilaridade das entidades entre os fornecedores para o trabalho do IEA. Nosso objetivo é expandir para outras culturas importantes do Estado”, afirma Sampaio. (Conheça o estudo completo das pesquisadoras Marli Dias Mascarenhas Oliveira e Kátia Nachiluk no link ftp://ftp.sp.gov.br/ftpiea/publicacoes/ie/2011/tec1-0111.pdf)
INFORMAÇÕES:
Assessoria de Comunicação da Secretaria
Tel: (11) 5067-0069
Euzi Dognani/Adriana Rota/Nara Guimarães
Assessoria de Comunicação da Apta
(11) 5067-0424
José Venâncio de Resende
Acompanhe a Secretaria:
www.agricultura.sp.gov.br
www.agriculturasp.blogspot.com
www.twitter.com/agriculturasp
www.flickr.com/agriculturasp
www.youtube.com.br/agriculturasp
www.facebook.com
www.delicious.com/agriculturasp
http://www.orkut.com.br/

Pin It

Notícias por Ano