Apta

Projeto visa capacitar pescadores do Litoral Sul Paulista

Começa nesta terça-feira (dia 9 de março), em Cananéia, litoral sul paulista, projeto destinado a capacitar pescadores a analisar o diagnóstico da pesca, bem como a propor ações e diretrizes para os planos de manejo das unidades de conservação da região. O projeto, que envolve seis oficinas sob a orientação do pesquisador-convidado Jocemar Tomasino Mendonça, é patrocinado pela Petrobrás e conta com o apoio do Instituto de Pesca (IP-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.
Os objetivos do projeto são a elaboração de um plano de manejo da área pesqueira de Cananéia, a reciclagem de pescadores e a divulgação de informações relacionadas à legislação pesqueira e conservação de recursos naturais de interesse daquela comunidade pesqueira, explica Jocemar. O programa envolve ainda a realização de quatro assembleias da Colônia de Pescadores e o planejamento de uma estratégia de mobilização de representantes de pescadores das comunidades pesqueiras de Ararapira, Pontal do Leste, Vila Rápida, Enseada da Baleia, Maruja, Ariri, Ilha da Casca, Itapanhoapina, Retiro, Bom Bicho, Mandira, Boacica, Itapitangui, Porto Cubatão, Pinheirinho, Ponte, São Paulo Bagre, Agrossolar, Acaraú, Carijó, Rocio e Centro.
Durante as oficinas de capacitação, os pescadores obterão informações sobre mapa e zoneamento da atividade pesqueira no município com as instituições gestoras, produção pesqueira por espécie e total, produção por arte de pesca e região do município, número de pescadores por tipo de pesca em cada comunidade, perfil dos pescadores por comunidade, avaliação geral dos principais produtos pesqueiros, legislação pesqueira, dentre outras. O propósito é apresentar um panorama completo da atividade pesqueira no litoral sul, conta Jocemar Mendonça.
As oficinas envolvem também a discussão de problemas e conflitos da atividade pesqueira, sistematização de ações para a solução de conflitos, ações a serem sugeridas como diretrizes para a pesca e ações individualizadas por comunidade e recurso pesqueiro. Isto resultará na elaboração de um documento a ser apresentado à assembleia da Colônia de Pescadores.
O evento é apoiado ainda pela Área de Proteção Ambiental (APA) Marinha Sul; APA Cananéia-Iguape-Peruíbe; Parque Estadual da Ilha do Cardoso; Parque Estadual do Lagamar; Reserva Extrativista de Itapanhoapina, Taquari e Retiro; Reserva Extrativista do Mandira; Estação Ecológica de Tupiniquins; Prefeitura Municipal de Cananéia e Instituto de Pesca. É possível também a participação de outras instituições interessadas em contribuir com informações sobre a atividade pesqueira.
Outras informações podem ser obtidas com Wagner Klinke, Colônia de Pescadores Apolinário de Araújo (Z9), e-mail: coloniaz9@yahoo.com.br, telefone: (13) 3851-1653.
Centro de Comunicação do Instituto de Pesca 
Antônio Carlos Simões
(13) 3261-5474
Assessoria de Comunicação da APTA
José Venâncio de Resende/Maitê Laranjeira
(11) 5067-0424
Acompanhe a Secretaria de Agricultura:
www.agriculturasp.blogspot.com
www.twitter.com/agriculturasp
www.youtube.com.br/agriculturasp

Pin It

Notícias por Ano