cabecalho apta130219

Produtor de São Paulo investe no milho

Passada a euforia da soja, o agricultor paulista volta a olhar com carinho o bom e velho milho, um dos mais tradicionais grãos da agricultura brasileira. Depois de perder terreno para a leguminosa, de forte presença no mercado internacional, o milho vai aos poucos recuperando seu prestígio entre os produtores do interior de São Paulo. No sudoeste paulista, região de maior cultivo, as primeiras estimativas indicam que a área de plantio da primeira safra, cultivada nesta época, vai aumentar 21%. Em todo o Estado, no entanto, é esperado um crescimento mais modesto no número de hectares cultivados. Os dados do levantamento da intenção de plantio feito pelo Instituto de Economia Agrícola (IEA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento paulista, ainda estão sendo computados e devem ser divulgados apenas na segunda quinzena de outubro. Segundo o pesquisador Alfredo Tsunechiro, a previsão inicial era de um decréscimo na área de cultivo, mas já se sabe que isso não se confirmará. "Em algumas regiões, como o sudoeste, estamos percebendo que o plantio vai aumentar, mas ainda não dá para arriscar um prognóstico."
Pin It

Notícias por Ano