cabecalho apta130219

Produção de pescado na costa paulista foi de 635 toneladas em janeiro de 2016

O Instituto de Pesca (IP), órgão de pesquisa da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (SAA), contabilizou a descarga de 635,3 toneladas de pescado vindos na costa paulista no mês de janeiro de 2016. Os dados foram divulgados no Informe Pesqueiro de São Paulo, publicação editada pela Unidade Laboratorial de Referência em Controle Estatístico da Produção Pesqueira Marinha (ULRCEPPM) do IP.
Para chegar ao resultado, a equipe do IP coletou dados de 4.621 viagens pesqueiras realizadas por 967 unidades produtivas (pescadores ou embarcações) no período, espalhadas nos 15 municípios da costa paulista. “Nós reunimos esses dados utilizando o método censitário, em que entrevistamos mestres de embarcações e pescadores, além de verificar os registros de descarga de pescado em 216 pontos de venda.”, explica o pesquisador do IP Antônio Olinto, responsável pelo Programa de Monitoramento da Atividade Pesqueira (PMAP) do Instituto.
No período, a principal categoria de pescado descarregada na costa paulista foi o Camarão-sete-barbas, que contabilizou um total de 69,4 toneladas, seguido pelo Espada (60,1 t) e pela Manjuba-de-iguape (44 t). Estas espécies foram capturadas principalmente com arrasto-duplo de fundo, cerco-flutuante e emalhe-de-deriva-de-superfície, respectivamente. Além da quantidade de pescado descarregada, os interessados podem obter informações sobre os tipos de aparelhos de pesca utilizados na captura e os dados detalhados de cada município por meio do site do PROPESQ.
O Informe Pesqueiro de São Paulo do mês de janeiro está disponível aqui.
Por Leonardo Chagas
Revisão Márcia Cipólli
Mais Informações
Centro de Comunicação do Instituto de Pesca
(11) 3871-7588

Pin It

Notícias por Ano