cabecalho apta130219

Produção de grãos deve atingir marca histórica de 131 milhões/t

O clima favorável em todas as etapas de cultivo das culturas agrícolas de verão eleva mais uma vez os números da safra de grãos no ciclo 2006/07. A estimativa já aponta uma produção de 131,1 milhões de toneladas, de acordo com o sétimo levantamento realizado pela Conab e anunciado nesta quarta-feira (04-04) pelo presidente da estatal, Jacinto Ferreira. Este resultado já supera em 6,4% (7,9 milhões/t) o recorde histórico da safra brasileira ocorrido em 2002/03, quando a produção foi de 123,2 milhões/t. É também 8,6% maior que a safra passada, de 120,8 milhões/t, e 2,7% que a última pesquisa realizada em março, de 127,7 milhões/t. A soja, o milho e o algodão são as culturas que continuam impulsionando esse crescimento. Somadas, a soja e o milho, com novos recordes, representam 83,1% da produção total de grãos. A primeira, com 58 milhões/t, supera em 8,5% a safra de 2005/06, que foi de 53,4 milhões/t. Já o milho deve ficar em 51,1 milhões/t, ou 7,8% a mais que o colhido no ciclo 2002/03, de 47,4 milhões/t. A estimativa para o algodão (caroço) é de 2,2 milhões/t ou 32,9% a mais que a safra passada, de 1,7 milhões/t. A área total cultivada ocupa 46 milhões de hectares, menor 2,9% em relação ao último período, fechado em 47,3 milhões/ha. A exceção, neste caso, fica para o milho safrinha, o feijão primeira safra e o algodão. O milho com 4,1 milhões/ha (+23,6%), o feijão com 1,3 milhões/ha (+7,8%) e o algodão com 1,1 milhões/ha (+24,4%). O estudo foi realizado por um grupo de 71 técnicos da Companhia, que estiveram em campo no período de 19 a 23 de março. Eles entrevistaram agricultores, representantes de cooperativas rurais e de órgãos públicos e privados das principais regiões produtoras. As informações são da Conab.
Pin It

Notícias por Ano