cabecalho apta130219

Produção de cana cai 1,5% de abril a junho

Já a produção industrial de cana-de-açúcar teve aumento de apenas 0,4% no primeiro semestre, sendo que no primeiro trimestre, houve expansão de 19,5% sobre o mesmo período de 2006 e no segundo trimestre, a produção caiu -1,5% em relação a abril maio e junho do ano passado. Já a produção industrial baseada na laranja, principalmente para suco, cresceu 39,9% no semestre, beneficiada, segundo Abritta, pela quebra de safra na Flórida, região que é a principal produtora de laranja nos Estados Unidos. Houve queda de -1,5% na indústria de celulose e de -4,5% na de produtos ligados ao trigo, matéria prima de alimentos como pão e massas. A produção de arroz cresceu 1,5% e o fumo, 0,9% . A produção de adubos e fertilizantes se ampliou 14,2%. Na pecuária, o economista do IBGE, Fernando Abritta, lembra que a demanda internacional está aumentando inclusive devido ao crescimento de países como China e Índia. Os indianos, que consideram a vaca um animal sagrado e não comem carne, estão aumentando as importações de aves, segundo Abritta. A produção industrial de aves cresceu 11,2% no semestre, enquanto a de bovinos, suínos e outras reses aumentou 6,2%. Já a produção de leite caiu -7,5%. A de couros, peles e produtos similares ampliou 4,1%. A produção de rações e suplementos vitamínicos se expandiu 6,2% e os produtos veterinários aumentaram 7,5%. O economista da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Paulo Mol, afirmou que não espera uma alteração na atividade industrial no segundo semestre de 2007. As informações são da assessoria de imprensa da Famato. Redação Fonte: Agrolink
Pin It

Notícias por Ano