cabecalho apta130219

Primeiro levantamento da safra paulista 2009/2010

A previsão inicial da safra paulista 2009/2010 para sete produtos mostra um pequeno crescimento de 3% na área cultivada, em comparação com o ano agrícola anterior. O primeiro levantamento foi realizado no mês de setembro pelo Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA) e Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.
Os sete principais produtos no plantio das águas (algodão, amendoim, arroz, batata, feijão, milho e soja) totalizam uma área de 1,36 milhão de hectares ante 1,32 milhão de hectares da safra passada. O destaque foi o acréscimo das áreas de arroz, feijão e soja.
Amendoim das águas - As perspectivas para a safra 2009/10 apontam redução de 13,2% na área, de 69,3 mil para 60,2 mil hectares. Segundo o estudo, uma das possíveis causas para o resultado é o fato de que áreas destinadas à produção do amendoim serão substituídas pela produção de soja, que apresentam melhores resultados até o momento.
Feijão das águas - Pode aumentar nessa safra, ocupando 8% a mais de área no Estado, totalizando 92,4 mil hectares. O incremento pode ser explicado, pela manutenção da demanda nos níveis do período anterior, dado que o preço da saca de 60 quilos de feijão carioquinha em São Paulo se mantém.
Milho - A intenção de plantio da área de milho (safra de verão, incluindo o milho irrigado) é praticamente a mesma da safra anterior, 635,5 mil hectares em 2009/2010 ante 634,5 mil em 2008/2009, ou seja, 0,2% superior. A possibilidade de melhores condições no mercado internacional, dado que os preços do produto no mercado norte-americano permanecem em níveis superiores aos do ano anterior, mesmo com a perspectiva de boa safra, pode ser uma das razões que explicam a decisão do produtor nacional em manter os números da área plantada, já que as condições climáticas estão favorecendo o desenvolvimento da cultura. A área de produção irrigada de milho permaneceu com valores muitos próximos aos apresentados ao final da safra passada, ocupando 44,8 mil hectares no Estado.
Soja - Para a safra de verão, incluindo a soja irrigada, há expectativa de um crescimento na área ocupada de 8,7% comparando-se à safra passada, o que se deve, provavelmente, aos bons preços do produto no mercado. Além de substituir parte das áreas cedidas pelo algodão e amendoim, a cultura também vem sendo utilizada nas reformas dos campos de cana-de-açúcar. A área com soja irrigada apresenta um crescimento de 20,8 % em relação ao ano passado, totalizando 11,7 mil hectares para 2009/2010.
Algodão - A expectativa é de redução de 4,3% para a área de algodão, que deverá atingir 14,9 mil hectares.
O levantamento a ser realizado no campo em novembro, referente ao ano agrícola 2009/10, deverá caracterizar melhor o quadro da agricultura paulista, com as primeiras informações de produção e produtividade para as culturas.
Link: Previsões e estimativas das safras agrícolas do Estado de São Paulo, ano agrícola 209/10, intenção de plantio, e levantamento final, ano agrícola 2008/09, setembro de 2009
Assessoria de Comunicação da Secretaria
(11) 5067-0069
Euzi Dognani/Adriana Rota/Nara Guimarães
Acompanhe a Secretaria:
www.agricultura.sp.gov.br
www.agriculturasp.blogspot.com
www.twitter.com/agriculturasp
www.flickr.com/agriculturasp
www.youtube.com.br/agriculturasp
www.facebook.com
www.delicious.com/agriculturasp

 

 

Pin It

Notícias por Ano