Apta

Preservação e recuperação de nascentes serão abordadas em curso em Nova Odessa

Agricultores e técnicos do setor, representantes de ONGs ambientalistas, profissionais dos diversos setores ligados aos recursos hídricos e outros interessados no assunto poderão  participar do “Curso abordará preservação e recuperação de nascentes”, que acontece no dia 20 de novembro, a partir das 8 horas, em Nova Odessa (SP). O evento, coordenado pelo Sindicato Rural de Campinas, terá como palestrante o pesquisador Rinaldo de Oliveira Calheiros, do Instituto Agronômico (IAC-APTA) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, que é especialista em irrigação e drenagem e em produção de água.
O curso faz parte de um ciclo de apresentações que abrange 27 municípios da bacia hidrográfica do Piracicaba, Capivarí e Jundiaí. Tem o objetivo de capacitar proprietários de nascentes, do meio rural e até mesmo do urbano, sobre as práticas que levam à preservação das nascentes, bem como das formas de recuperá-las.
Para o engenheiro agrônomo Nelson Barbosa, idealizador e coordenador técnico do curso, a escassez hídrica na bacia hidrográfica do Piracicaba, Capivarí e Jundiaí já é uma realidade. Por ela ser densamente povoada, conter um setor industrial enorme e ainda ter uma alta demanda de água para o setor agrícola, o índice de disponibilidade hídrica já atingiu menos de 1400 m3/pessoa/ano, menor que de muitos países desérticos. É menor, inclusive, do que os 1800 m3/pessoa/ano, preconizados pela ONU (Organização das Nações Unidas) como o limite mínimo para o conforto humano. Disso decorre o racionamento e a falta de água observados em alguns pontos da bacia, com grande tendência de se agravar, se nada for feito.
Barbosa afirma, ainda, que, para atingir a efetiva reversão dessa tendência, a mais importante e primordial ação a ser feita é a recuperação das propriedades dos solos na recarga das águas subterrâneas, conjugada com a preservação e recuperação das nascentes. O curso é muito denso, dando-se a oportunidade de discutir e esclarecer conceitos polêmicos e de difícil entendimento, porém sempre de uma forma didática, fazendo com que todos, independente do nível de capacitação, obtenham ganhos no conhecimento e motivação para o enfrentamento da tão necessária preservação da água e do seu uso racional.
Calheiros vai abordar os seguintes tópicos: conservação de água no meio rural; ações de conservação de água nos diferentes planos da paisagem; formação dos mananciais ou depósitos de água; particularidades e diferenciação dos lençóis freáticos e aqüíferos confinados; importância do Aqüífero Guarani para a nossa região; agentes de diminuição da recarga de água e da vazão das nascentes, riachos e rios; importância da mata ciliar; preservação e recuperação de nascentes; formas de contaminação de uma nascente; legislação e APP; formas de captação da água; e ainda apresentação de vídeos de conscientização sobre a escassez hídrica e sobre os conceitos básicos de preservação de nascentes.
Os participantes do curso receberão a cartilha “Preservação e Recuperação de Nascentes – Fonte de Água e de Vida”, escrita por Sebastião Vainer Bosquília, Márcia Calamari, Fernando César Vitti Tabai e o próprio palestrante.
O curso será realizado na sede do Instituto de Zootecnia - Rua Heitor Penteado, 56, Nova Odessa – SP. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (19) 3466-9413/55 ou pelo e-mail eventos@iz.sp.gov.br.
Assessoria de Comunicação do IZ
Lisley Silvério
(19) 3466-9434
Assessoria de Comunicação da APTA
José Venâncio de Resende
(11) 5067-0402/0435
Acompanhe a Secretaria de Agricultura
www.agriculturasp.blogspot.com
www.twitter.com/agriculturasp
www.youtube.com.br/agriculturasp

Pin It

Notícias por Ano