cabecalho apta130219

Preços agrícolas sobem 1,26% (e 4,58%, sem a cana) na primeira quadrissemana de junho

O Índice Quadrissemanal de Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista (IqPR) subiu 0,53% na primeira quadrissemana de junho, de acordo com o Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento. Sem considerar o preço da cana, quem tem grande peso no índice, os preços agrícolas aumentaram 1,26%.
O grupo de produtos de origem vegetal sofreu acréscimo de 1,40%, índice que chega a 4,58% quando se exclui o preço da cana. Já o índice de preços dos produtos de origem animal fechou a quadrissemana em queda de 1,77%.
As altas mais relevantes ocorreram nos preços do tomate para mesa (119,51%); do arroz (9,94%); do amendoim (5,23%); da soja (4,64%) e da carne suína (3,31%). Temperaturas amenas e chuvas reduziram a oferta de tomate para mesa nas regiões produtoras nas últimas semanas, dizem os pesquisadores Luis Henrique Perez; Danton Leonel de Camargo Bini; Eder Pinatti; e José Alberto Angelo.  A melhoria na qualidade do produto ofertado contribuiu para a acentuada elevação de preços.
No mês das festas juninas, o aumento do consumo de amendoim influiu nos preços do produto, de acordo com os analistas do IEA. E, no caso do arroz, safra menor, frente ao ano anterior, e manutenção de demanda firme no mercado internacional, com aumento das exportações, levaram à redução da oferta.
Desvalorização da moeda brasileira, manutenção da demanda chinesa e menor oferta no mercado mundial no curto prazo, que não favorece à recuperação dos estoques, garantiram preços elevados para a soja, segundo os pesquisadores do IEA. Já o consumo firme da carne suína no mercado interno, bem como o ligeiro aumento das exportações (incluindo a retomada das compras pela Argentina), proporcionou o acréscimo nas cotações.
As quedas mais expressivas foram observadas nos preços da laranja para mesa (15,23%); do milho (6,11%); da banana nanica (4,24%); dos ovos (4,09%) e da carne de frango.
Clique aqui para ver a íntegra da análise
Assessoria de Comunicação da APTA
José Venâncio de Resende
(11) 5067-0424

Pin It

Notícias por Ano