cabecalho apta130219

Preços agrícolas sobem 0,82% na primeira quadrissemana de outubro

O Índice Quadrissemanal de Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista (IqPR) subiu 0,82% na primeira quadrissemana de outubro de 2009, segundo o Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento. O aumento foi puxado pelos produtos de origem vegetal cujo índice registrou alta de 1,88%. Por sua vez, o índice de produtos de origem animal apresentou queda de 1,82% no período.
Com a exclusão da cana-de-açúcar do cálculo, tanto o índice geral quanto o índice de produtos vegetais sobem menos (respectivamente 0,33% e 1,79%), segundo os pesquisadores Eder Pinatti, José Alberto Ângelo, José Sidnei Gonçalves e Luis Henrique Perez.
As maiores altas foram verificadas nos preços da laranja para mesa (14,29%), da batata (10,58%), do amendoim (10,05%), da carne suína (6,85%) e da laranja para indústria (6,38%). “A chegada da primavera, apresentando dias com temperaturas elevadas, favorece o consumo da laranja (para mesa), o que justifica a variação positiva da cotação da fruta”, dizem os autores da análise.
Outro fator é a menor oferta da laranja para indústria ao consumo in-natura, reduzindo assim concorrência neste mercado. Entretanto, sob a ótica da renda do citricultor, o processo pode ser considerado de recuperação de preços, que se encontram 30,7% inferiores aos verificados em igual período de 2008, observam os pesquisadores do IEA.
O mesmo se pode dizer da laranja para indústria, cujo preço  aumentou, mas ainda se mantêm muito abaixo do ano anterior (-34,0%), dizem os técnicos. “Noutras palavras, os preços da laranja, em geral, se mostram em torno de um terço inferiores aos verificados em 2008.”
Já o amendoim começa a recuperar seus preços, que atingiram níveis muito baixos no primeiro semestre do ano. Por sua vez, a alta do preço da carne suína decorre do aumento da demanda, principalmente por parte da indústria, que está incrementando a produção de derivados da carne, com vistas ao consumo do final do ano.
As quedas mais expressivas ocorreram nos preços do tomate para mesa (30,26%), dos ovos (12,91%), do feijão (9,89%), da banana nanica (8,77%) e do trigo  (6,82%).
Em resumo, a evolução dos índices quadrissemanais de preços desta quadrissemana apresenta uma ligeira recuperação em comparação com mês de setembro. O índice geral apresentou alta de 0,6 ponto percentual e o índice de produtos vegetais subiu apenas 0,1 ponto percentual. Já o índice de produtos animais, que ainda permanece negativo, mostra recuperação expressiva em 1,9 ponto percentual, face ao aumento do preço da carne suína e de menor variação de preços da carne bovina, conclui a análise.
Link: íntegra da análise da primeira quadrissemana de outubro
Assessoria de Comunicação da APTA
José Venâncio de Resende
(11) 5067-0424
Acompanhe a Secretaria de Agricultura:
www.agriculturasp.blogspot.com
www.twitter.com/agriculturasp
www.youtube.com.br/agriculturasp

 

Pin It

Notícias por Ano