cabecalho apta130219

Planeta Inseto chega à marca de 200 mil visitantes com nova atração

A confusão do que é ou não inseto é comum entre adultos e crianças. Por exemplo, aranha, carrapato, escorpião e piolho de cobra são insetos? A resposta é não! Insetos são seres invertebrados, com corpo dividido entre cabeça, tórax, abdômen. Possuem três pares de pernas articuladas e duas antenas. Para deixar isso claro, de forma lúdica e divertida, a exposição Planeta Inseto, do Instituto Biológico (IB-APTA), terá uma nova forma de disponibilizar essas informações para crianças e adultos. Eles poderão montar o corpo dos insetos em um grande painel magnético que estará disponível para os visitantes a partir de 1º de agosto de 2018. A nova atração comemora também os 200 mil visitantes do espaço, que é o único zoológico de insetos do Brasil. O IB é ligado à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

De acordo com a pesquisadora do IB, Harumi Hojo, responsável pela mostra, é muito comum às pessoas não saberem identificar de forma correta os insetos. “É uma dúvida frequente entre os visitantes. Este novo painel tornará a visita mais instrutiva, interativa e lúdica para as crianças”, afirma.

O novo painel estará disponível a partir de 1º de agosto, data em que se inicia o calendário do segundo semestre das escolas estaduais do Estado de São Paulo. Neste dia, quatro escolas públicas têm visita agendada no Planeta. “Por ser uma exposição gratuita e muito informativa, com tema aliado ao que é aprendido em sala de aula, o Planeta Inseto recebe muitas visitas de escolas da Capital e do interior. Quisemos disponibilizar esta nova atração em um período que o Museu fica cheio, com a visita dos estudantes”, diz Harumi.

Outras atrações

A exposição Planeta Inseto disponibiliza ao público outras 26 atrações. De forma lúdica e interativa, o público recebe informações sobre o quanto os insetos estão presentes no cotidiano e sua importância para o ambiente, produção de alimentos e saúde humana. “Existem mais de um milhão de espécies de insetos conhecidos e acredita-se que há mais de sete milhões a serem identificadas. Eles representam mais da metade no nosso planeta. Apenas as formigas ocupam 15% do peso da Terra”, afirma Antonio Batista Filho, diretor-geral do Instituto Biológico.

A mostra tem como público-alvo crianças e adolescentes de três a 16 anos, mas recebe visitantes de todas as idades. O público pode conhecer quatro espécies de abelhas sem ferrão e baratas praticando corrida, lagartas tecendo fios de seda, formigas trabalhando em sistema organizado e o bicho-pau, que se assemelha a gravetos.

As visitas são acompanhadas por monitores treinados e os visitantes – se quiserem – podem pegar alguns insetos, como a Barata de Madagascar e o bicho-pau, por exemplo. O espaço também conta com um laboratório de ciências, equipado com três microscópios eletrônicos para que os visitantes visualizem de forma ampliada alguns organismos utilizados para combater pragas na agricultura, tecnologia chamada de controle biológico.

Sediado no Museu do Instituto Biológico, o Planeta Inseto conta com autorização de criação, manejo e exposição de insetos emitida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e pela Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo. É ainda certificado pela norma ISO 9001:2008 para divulgação científica e cultural em entomologia.

Por Fernanda Domiciano
Assessoria de Imprensa – APTA
19 2137-8933

Pin It

Notícias por Ano