cabecalho apta130219

Pesquisadora da APTA é nova Consultora Técnica da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Borracha Natural do MAPA

A pesquisadora da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Elaine Cristine Piffer Gonçalves, foi designada a assumir o cargo de Consultora Técnica da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Borracha Natural, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Elaine atua no Polo Regional de Colina da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA) e desenvolve estudos em seringueira. A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União em 11 de setembro.

“Ser alçada ao cargo de Consultora Técnica da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Borracha Natural do MAPA é muito gratificante e importante para a minha carreira. Desde 2019, tenho atuado nesta Câmara, por indicação da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA)”, afirma.

Para a cientista da APTA, o cargo traz grandes responsabilidades, principalmente, durante a pandemia do novo coronavírus, que acabou impactando a cadeia produtiva da borracha natural. “Temos atuado de forma muito próxima aos produtores de borracha natural para encontrar alternativas neste momento de preços baixos”, afirma.

Uma das ações encontradas para auxiliar os heveicultores foi, por exemplo, o lançamento do índice de preço de referência para importação da borracha natural, que serve como parâmetro e balizador de negociação para contratos de comercialização dos produtores de borracha brasileiros. O índice foi desenvolvido pelo Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA) e a CNA.

O contato próximo com os produtores e com os demais elos da cadeia produtiva da borracha natural também traz benefícios para os trabalhos científicos desenvolvidos por Elaine e por toda a APTA. “Essa proximidade auxilia no levantamento das demandas do setor produtivo e nos faz desenvolver pesquisas e tecnologias que resolvam os problemas mais urgentes dos produtores e da indústria”, afirma a pesquisadora da APTA.

Currículo

Elaine é graduada em Engenharia Agronômica pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), com mestrado e doutorado em agronomia e melhoramento genético de plantas pela mesma instituição. A pesquisadora da APTA realiza estudos em melhoramento genético, desenvolvimento de novos clones, resistentes às doenças, matologia, irrigação, nutrição, sangria e custos de produção em seringueira. Desde 2005, participa da Comissão Técnica de Seringueira do Estado de São Paulo.

A pesquisadora integra a Câmara Setorial da Borracha Estadual e a Câmara Setorial da Borracha Federal. Ela faz parte do Grupo de Trabalho sobre Reserva Legal/Florestas da Câmara Setorial de São Paulo e da Comissão Técnica para produção de borracha da Câmara Setorial Federal de Borracha Natural, além de ser, produtora rural e membro da diretoria da Associação Nacional de Produtores de Látex.

SP é o maior produtor nacional de borracha natural

O estado de São Paulo é o maior produtor nacional de borracha, sendo responsável por 49,1% de toda área brasileira destinada à colheita (75.179 hectares) e 68,2% do volume produzido (227.163 toneladas) de látex coagulado, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Dados do IEA mostram que, em 2019, o estado produziu 243.519.196 quilos de borracha, com valor de produção de R$ 596.622.031,43 no ano.

Por Fernanda Domiciano

Assessoria de Imprensa - APTA

fdomiciano@sp.gov.br

gsalmeida@sp.gov.br

 

Pin It

Notícias por Ano