cabecalho apta130219

Pesquisador do IAC recebe Prêmio IPNI Brasil em Nutrição de Plantas 2016

O pesquisador da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo Heitor Cantarella, que atua no Instituto Agronômico (IAC-APTA), recebeu o Prêmio IPNI Brasil em Nutrição de Plantas 2016, na Categoria Pesquisador Sênior. O reconhecimento se deve à relevância do trabalho de Cantarella nas pesquisas sobre manejo responsável da nutrição das plantas. O prêmio — concedido pelo International Plant Nutrition Institute (IPNI) a profissionais que contribuem para o conhecimento em nutrição de plantas e áreas correlatas no Brasil — foi entregue durante o FERTBIO 2016, em Goiânia, no último dia 19 de outubro.
“Fico honrado com o prêmio e o divido com todos os que contribuíram comigo ao longo da minha carreira como pesquisador no IAC, da qual muito me orgulho”, diz o pesquisador, que ingressou no IAC em 1975. Graduado em agronomia, é doutor em Fertilidade de Solos pela Universidade de Iowa, nos Estados Unidos. É um dos maiores especialistas brasileiros em nutrição de plantas e uso eficiente de fertilizantes. É responsável pelo Ensaio de Proficiência para Fins Agrícolas do IAC. Cantarella também é coordenador da Iniciativa Nutrientes Para Vida, que busca disseminar informações sobre nutrientes e fertilizantes para o público em geral.
"O IPNI Brasil sente-se honrado em poder premiar aqueles que se dedicam total e seriamente à nobre causa da nutrição adequada das plantas visando à produção sustentável de alimentos para a sociedade", afirma o diretor-adjunto do IPNI Brasil, Eros Francisco.
Para o secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, a excelência nas pesquisas de Cantarella contribui para a qualificação de laboratórios privados que fazem análise de solos, por meio de seu trabalho junto ao Ensaio de Proficiência IAC para Laboratórios de Análise de Solo para fins Agrícolas. “A credibilidade do IAC na área de solos ultrapassa fronteiras e traz laboratórios de diversos Estados e de outros países que buscam capacitação na pesquisa paulista, reforçando o Estado como gerador de ciência e tecnologia, como deseja o governador Geraldo Alckmin”, afirma Jardim.
Na FERTBIO 2016, o pesquisador do IAC apresentou palestra sobre a Eficiência do Uso de Nutrientes em Sistemas de Produção.
O IPNI Brasil faz a premiação, anualmente, durante os eventos da Sociedade Brasileira de Ciência do Solo. Este ano, na categoria Jovem Pesquisador, o vencedor foi Matheus Motta Gomes, graduando do curso de agronomia da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.
O IPNI é uma organização sem fins lucrativos, dedicada ao desenvolvimento e divulgação de informações científicas sobre o manejo responsável dos nutrientes e micronutrientes das plantas.

Pin It

Notícias por Ano