cabecalho apta130219

Pandemia de gripe aviária custaria US$ 300 bi à Ásia

Sete milhões de pessoas Os custos de uma pandemia para a Ásia ficariam entre US$ 100 bilhões e US$ 300 bilhões, dados obtidos como resultado de uma projeção que tomou por base cálculos da crise gerada por uma pneumonia atípica em 2003. As estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que cerca de 7 milhões de pessoas poderiam ser vítimas do vírus da gripe se ele adquirisse capacidade de ser transmitido entre pessoas. Hoje, os casos da gripe são restritos, diante da incapacidade do vírus H5N1 de passar por mutações e se alastrar entre seres humanos. Segundo o banco asiático, a atividade econômica levaria pelo menos um ano para se restabelecer no caso de uma pandemia. E uma recuperação da situação internacional levaria pelo menos mais três anos para ocorrer. China Sem a gripe, porém, as estimativas do banco são de que a Ásia tenha um crescimento de 7,2% em média neste ano. Em 2007, o crescimento seria de 7%. Parte desse crescimento ocorreria graças ao aumento de exportações de países da região, entre eles a China. Pela previsão do banco asiático, a forte demanda por itens eletrônicos nos próximos meses irá contribuir para esse crescimento. No caso da China, a previsão da entidade é que a economia do país terá expansão de 9,5% e 2006. Já para 2007, o ritmo seria um pouco menor, de 8,8%, mas ainda acima de todas as médias mundiais. Além da gripe, outro fator que pode afetar o crescimento asiático é o preço do petróleo e o aumento médio das taxas de juros internacionais.
Pin It

Notícias por Ano