cabecalho apta130219

Nova regulamentação da OIE pode ajudar o Brasil

O diretor de defesa agropecuária da Secretaria de Estado da Agricultura e Política Rural, Roni Barbosa, avalia que a medida pode ser positiva para o Estado. Ele lembrou da reviravolta ocorrida no fim do ano passado, com a detecção de focos de aftosa no Mato Grosso do Sul e posteriormente no Paraná. Santa Catarina, mesmo sem focos da doença, foi prejudicada. O embargo comercial russo às carnes suínas catarinenses anunciado em dezembro do ano passado, que já resultou em perdas equivalentes a US$ 400 milhões em exportações, teve como justificativa formal o foco do Paraná. Santa Catarina corre contra o tempo para cumprir os requisitos para conquistar a primeira certificação de livre sem vacina do País, transformando o Estado em um circuito pecuário isolado do Rio Grande do Sul. O ministro da Agricultura, Luís Carlos Guedes Pinto, afirmou que o ministério está empenhado no procedimento que privilegiará a sanidade pecuária de Santa Catarina. (fonte: A Notícia)
Pin It

Notícias por Ano