cabecalho apta130219

Maior Produção De Cana-de-açúcar E De Laranja E Safra Menor De Café Em SP

A produção paulista de cana-de-açúcar deve atingir 307,6 milhões de toneladas na safra atual, um acréscimo de 8% em relação à safra anterior, segundo o mais recente levantamento do Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA) e Coordenadoria de Assistência Técnica e Integral (CATI), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento. Com base em informações de campo de abril, o estudo mostra que a maior produção decorre principalmente do aumento de 5,9% na área plantada, para 4,5 milhões de hectares. Entre as áreas novas de cana para indústria, destacam-se as regiões de Dracena, Jales, Votuporanga e Fernandópolis. Já a produção de laranja é estimada em 358,6 milhões de caixas (40,8 quilos), um aumento de 2,9% frente à safra passada, de acordo com o levantamento IEA-CATI. O desempenho se deve ao crescimento da área (2,7%) e da produtividade (1,2%), por causa da expansão de novos plantios, principalmente de grandes empresas citrícolas (regiões de Bauru, Jaú e Lins), e condições climáticas favoráveis. Especificamente na zona citrícola do Estado (19 regiões com produção acima de cinco milhões de caixas), a colheita deverá somar 338,8 milhões de caixas. O levantamento IEA-CATI aponta ainda uma produção de café de 3,2 milhões de sacas beneficiadas, o que representa queda de 31,4% em relação à safra anterior. Este desempenho decorre da menor produtividade (26,5%), devido à bienalidade da cultura, e redução de 6,1% na área, para 220,1 mil hectares. Quanto ao milho, a safrinha deve atingir 780,20 mil toneladas, um acréscimo de 35% devido ao aumento de 46,6% na produtividade. Já a safra normal deve diminuir 9,9%, para cerca de 3,435 milhões de toneladas, por causa de redução de 11,3% na área e aumento nos preços dos insumos. Assim, a produção total de milho em São Paulo é estimada em 4,2 milhões de toneladas.
Pin It

Notícias por Ano