cabecalho apta130219

Leilão de arroz comercializa 7,5 mil toneladas

O quarto leilão de Prêmio para Escoamento da Produção (PEP) comercializou 7,5 mil toneladas, o que corresponde a 21% da oferta de 35 mil toneladas disponibilizada pelo governo federal. O resultado já era esperado pela cadeia produtiva do arroz em razão do baixo prêmio oferecido às indústrias. O mecanismo terá, ainda, mais um leilão na próxima quarta-feira (20). Conforme o diretor comercial do Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga) Rubens Silveira, a soma de todos os pregões de PEP realizados nesse ano contabilizam aproximadamente 90 mil toneladas. “O PEP é importante para abrir mercados para o arroz gaúcho”, afirma. O leilão de PEP prevê o escoamento de arroz beneficiado (branco polido, esbramado ou parboilizado), para qualquer localidade, exceto as regiões Nordeste, Sul, Sudeste e Centro-Oeste e os estados de Tocantins e Rondônia, além dos países do Mercosul e o Suriname. O preço pago aos produtores pelas indústrias e empresas de comercialização que adquirirem o prêmio deve ser de R$ 22.
Pin It

Notícias por Ano