Apta

Laranja: safra paulista atinge 286,4 milhões de caixas

Os números finais para a cultura da laranja, referentes ao ano safra 2013/14, resultaram em um volume total de 286,4 milhões de caixas de 40,8 kg, de acordo com o levantamento realizado pelo Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA) e pela Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati), órgãos da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo. O levantamento foi realizado em parceria com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). A produção comercial é estimada em 268,6 milhões de caixas, dos quais 215,3 milhões de caixas destinam-se à indústria e 53,3 milhões de caixas, para comercialização in natura. As perdas, 17,8 milhões de caixas, não estão incluídas no volume para comercialização e correspondem à produção de pomares não expressivos economicamente e as perdas relativas ao processo produtivo e colheita.
Quanto à densidade de plantio, a média nos pomares em produção é de 367 pés por hectare. Já nas áreas ainda sem produção é de 616 pés por hectare, tendência de maior adensamento com a finalidade de aumentar a produtividade por hectare para compensar os altos custos de produção, devido principalmente s despesas diretas do produtor com mão de obra e aumento de número de pulverizações, exigidas por problemas fitossanitários.
Estima-se produtividade média em 1,57 caixas de 40,8 kg por planta, o que corresponde a 578 caixas por hectares.
Texto: Nara Guimarães
Assessoria de Imprensa – IEA
11 5067-0498
Pin It

Notícias por Ano