cabecalho apta130219

IZ participou da Feicorte 2013

O Instituto de Zootecnia (IZ-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, expôs seus produtos e serviços técnico-científico, durante a 19ª Feira Internacional da Cadeia Produtiva da Carne (Feicorte), que aconteceu entre 17 e 21 de junho, no Centro de Exposições Imigrantes. Também esteve no estande o Instituto Biológico (IB-APTA), o Fundo de Expansão do Agronegócio Paulista (FEAP) e a Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA).
Os visitantes tiveram a oportunidade de conferir as atividades das coordenadorias e Institutos de Pesquisa, voltadas ao setor, além de receber orientações e esclarecer dúvidas com a equipe de técnicos e pesquisadores da área. Esteve à disposição um programa interativo com informações de bovinocultura e ovinocultura do IZ.
O público pôde conhecer o trabalho de melhoramento genético feito pelo Instituto de Zootecnia, que levou à Feira uma Matriz Nelore, doadora do Programa IZ - CRV Lagoa Embryo. Foram apresentadas, também, duas fêmeas dos rebanhos Nelore Seleção e Controle, do Centro de Bovinos de Corte do IZ, exemplos do efeito da seleção para peso pós-desmame praticada há 36 anos no IZ. Além da difusão do sistema GrowSafe, desenvolvido no Canadá.
O IZ é a primeira instituição brasileira de pesquisa a instalar esse sistema. São alimentadores automáticos que registram, durante 24 horas, todos os dados relacionados ao consumo de alimento e comportamento dos animais. “Com esse equipamento espera-se aumentar o conhecimento de características de eficiência alimentar em bovinos Nelore com abordagem multidisciplinar, genética quantitativa e genômica, nutrição e comportamento animal”, destaca Renata Branco, pesquisadora do IZ.
O Instituto levou ao público informações sobre as linhas de pesquisa desenvolvidas no Centro de Pesquisa em Bovinos de Corte, tendo como destaque a avaliação da emissão de metano entérico de animais provenientes da avaliação do Consumo Alimentar Residual (CAR). É uma característica de eficiência alimentar calculada como a diferença entre o consumo observado e o consumo estimado levando-se em conta o peso metabólico e o ganho de peso. O CAR é importante não só pelos impactos econômicos diretos da redução do consumo de alimentos, como também pelos efeitos do impacto ambiental na redução da produção do metano proveniente da fermentação entérica dos ruminantes.
Para a avaliação, os animais são mantidos confinados em baias individuais e recebem, diariamente, quantidade de alimento conhecida. No início do dia seguinte a sobra do alimento é retirada, pesada e amostrada. Com essa prática, é possível determinar a quantidade exata de alimento consumido pelo animal. Posteriormente, em análise bromatológica das amostras das sobras, determina-se a composição nutricional do que realmente cada animal consumiu.
Ovinocultura
O IZ gera tecnologia para produção de carne de cordeiro em sistema de abate superprecoce, como alternativa para viabilização socioeconômica da pequena propriedade rural, com ênfase nas que utilizam a mão de obra familiar.
As raças Morada Nova, Santa Inês e foram expostas no estande. Os trabalhos científicos desenvolvidos com essas raças envolvem o controle alternativo de verminose, uso de fitoterápicos; avaliação de alimentos alternativos; manejo sustentável de pastagem e mitigação dos gases de efeito estufa, sistema intensivo de produção de cordeiros precoce para abate e manejo da reprodução. 
Texto: Lisley Silvério
Assessoria de Imprensa - IZ
Pin It

Notícias por Ano