cabecalho apta130219

IZ expõe tecnologias em bovinocultura de leite e ovinocultura na Interlactea

Em 11 de novembro, o Instituto de Zootecnia (IZ/APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, participa Exposição Internacional do Agronegócio do Leite (Interlactea 2013), um dos maiores eventos da cadeia produtiva de leite da América Latina. O evento será realizado até 16 de novembro, no Parque de Exposições “Dr. Fernando Cruz Pimentel”, em Avaré, interior de São Paulo.
Os pesquisadores do IZ, Jackson Amaral e Ricardo Lopes Dias da Costa, estarão à disposição durante a semana para atender os visitantes.  Estarão em exposição duas novilhas Holandesas (HBP) e cinco fêmeas de ovinos – das raças Santa Inês, Morada Nova, Dorper e as mestiças Santa Inês x Dorper e Morada Nova x Dorper.
Qualidade do Leite e Agregação de Valor 
Estudar as interações entre as diferentes dietas, ambientes e genética animal com a qualidade do produto leite. “Dentro dessa linha de pesquisa serão desenvolvidos conhecimentos no sentido de se encontrar metodologias de produção que agreguem valor e qualidade ao produto final com um menor custo de produção e com uma preocupação constante com o conforto dos animais e com saúde do consumidor”, explica a pesquisadora Juliana Pozzi Arcaro.
O objetivo do grupo da “Qualidade do Leite e Agregação de Valor”, segundo Pozzi, é desenvolver um programa efetivo de pesquisa de controle das mastites bovinas, de resíduos químicos no leite e estudar os fatores relacionados à dieta, genética e ao meio ambiente, que possam interferir no valor nutritivo do produto, agregando valor e atendendo as crescentes exigências de mercado.
O grupo tem caráter multidisciplinar e é composto por pesquisadores vinculados ao Centro APTA Bovinos de Leite, as Unidades de Pesquisa ligadas aos Polos Regionais, ao Instituto Biológico, Instituto de Tecnologia de Alimentos e ao Instituto de Economia Agrícola.
“A qualidade do leite resulta em melhoria no rendimento industrial, maior tempo de vida de prateleira do produto, alimento saudável e, consequentemente, melhor remuneração aos integrantes da cadeia produtiva, ressalta Pozzi.
Ovinocultura 
Segundo o pesquisador Ricardo Lopes Dias da Costa, os trabalhos de pesquisa em ovinocultura do IZ têm por finalidade gerar e transferir tecnologias para o pequeno e médio produtor.
“Atualmente os trabalhos são desenvolvidos em diversas áreas como melhoramento genético, sanidade, nutrição, reprodução, comportamento e bem estar animal”, detalha Ricardo Lopes.
A utilização de coprodutos da indústria  na alimentação animal e a produção de metano também fazem parte das linhas de pesquisa da Unidade de Ovinos do IZ.  “A multiplicação e transferência de material genético superior estão entre as prioridades das nossas ações”, completa o pesquisador.
Texto: Lisley Silvério
Assessora de Imprensa - IZ
1 9 – 3466-9434
Pin It

Notícias por Ano