cabecalho apta130219

IZ-APTA promove curso de “Western Blot”, exigido na confirmação da aftosa

Por Lisley Silvério O Instituto de Zootecnia (IZ-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, promove nos dias 17 e 18 de julho às 8 horas, em Nova Odessa (SP), o “2º Mini Curso de Citogenética de Animais de Interesse Zootécnico”. O objetivo é transmitir conhecimentos teóricos e práticos da técnica de citogenética (exame de cariótipo), que permite a identificação de anomalias cromossômicas em animais. O exame de cariótipo possibilita ainda identificar famílias, sexo e evolução de animais silvestres. As palestras vão abordar a citogenética aplicada à zootecnia; coleta de amostra de sangue; cultura de linfócitos; preparo das lâminas; coloração Giemsa e as técnicas de bandeamento cromossômico; análise microscópica dos cromossomos; revelação de filme; ampliação de fotos preto e branco; apresentação e montagem de cariótipo de diferentes espécies. De acordo com a pesquisadora Rita Maria Ladeira Pires, uma das coordenadoras do curso, algumas anomalias não afetam o fenótipo, mas influenciam negativamente a reprodução e a produção animal. “O exame de cariótipo permite a eliminação dos animais portadores de rearranjos cromossômicos”, diz. “Wertern Blot” e aftosa O IZ-APTA realiza ainda o “Curso de ‘Western Blot’ aplicado à Genética e Zootecnia”, no período de 22 a 25 de julho às 8 horas, também em Nova Odessa (SP). Especialistas pretendem apresentar conhecimentos teóricos e práticos da técnica de Gel de Acrilamida (SDS PAGE e DAVIS) Western Blot. No Brasil, o teste ´Western Blot´ é exigido para a confirmação da febre aftosa, segundo a pesquisadora Keila Maria Roncato Duarte, uma das coordenadoras do curso. “Este teste diferencia animais vacinados de outros animais doentes. Ele pode colaborar para confirmar o resultado do Elisa”, explica. Nos quatro dias do curso, serão abordados temas como separação de proteínas totais; denaturante e proteínas nativas; tipos de gel; extração de proteínas: tecidos animais, sangue, plantas e microrganismos; isoenzimas: aplicações; e identificações das proteínas no gel: azul brilhante de comassie e prata. Também serão realizadas corrida de um gel e transferência para membrana, além da abordagem de princípios de imunologia e aplicações diretas do Western Blot ou Imunobloting. Outros assuntos são a revelação do gel de proteínas e troubleshooting; protocolos de revelação de Western blot; revelação do Western blot e análise de resultados; uso de softwares para análise de géis; e aplicações no agronegócio. Outras informações podem ser obtidas no site www.iz.sp.gov.br ou pelo telefone (19) 3466-9413 e ainda pelo e-mail eventos@iz.sp.gov.br. Os cursos ocorrerão na sede do IZ, na Avenida Heitor Penteado, 56, Centro. Assessoria de Comunicação Social (11) 5067-0424/0435 (Gabinete da APTA) (19) 3466.9434 (IZ – Nova Odessa)
Pin It

Notícias por Ano