cabecalho apta130219

Ital oferece bolsas de pós-doutorado em microbiologia e biologia molecular e em aproveitamento de subprodutos da indústria de frutas e hortaliças

Candidatos devem ter doutorado concluído há menos de sete anos em área relacionada; inscrições estão abertas até 3 e 20 de abril, respectivamente

O Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital), vinculado à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, oferece duas bolsas de pós-doutorado destinadas a candidatos que tenham concluído o doutorado há menos de sete anos relacionado às áreas de estudo: Microbiologia de Alimentos e Biologia Molecular e Aproveitamento de Subprodutos da Indústria de Frutas e Hortaliças.

As inscrições se encerram em 3 e 20 de abril, respectivamente, e os selecionados atuarão nos centros de tecnologia de Carnes (CTC) e de Frutas e Hortaliças (Fruthotec) da instituição, em Campinas (SP). No CTC, o bolsista se dedicará ao desenvolvimento de técnicas de biologia molecular aplicadas à identificação e quantificação de patógenos de interesse em produtos cárneos curados, enquanto no Fruthotec o selecionado atuará na produção de ingredientes e/ou produtos funcionais a partir de subprodutos do processamento de frutas e hortaliças, com ênfase na avaliação de processos, características físico-químicas e tecnológicas, retenção de nutrientes e estabilidade. 

Financiadas pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), através do Plano de Desenvolvimento Institucional de Pesquisa (PDIP) do Ital, as bolsas têm duração de 12 meses com valor mensal de R$ 7.373,10, isento de imposto de renda, e uma reserva técnica equivalente a 15% do valor anual para atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Exigências

No processo seletivo da primeira bolsa, serão considerados os candidatos graduados em Ciências Biológicas ou áreas afins com doutorado em Biologia Funcional ou Molecular ou áreas afins, enquanto no da segunda bolsa exige-se graduação em Engenharia de Alimentos, Engenharia Química, Ciência de Alimentos ou áreas afins e doutorado em Engenharia, Tecnologia ou Ciência de Alimentos ou áreas afins.

São requisitos para ambas as oportunidades comprovação de experiência em uso de ferramentas estatísticas para processamento e análises de dados e produção científica em periódicos indexados, além de conhecimento da língua inglesa para leitura, redação científica e conversação e habilidade em trabalhar de forma independente e em colaboração com grupo de pesquisa multidisciplinar.

Para a bolsa de Microbiologia de Alimentos e Biologia Molecular, deverá ser comprovada experiência em microbiologia molecular e virulência, cultura celular e técnicas de biologia molecular com enfoque em extração de ácidos nucléicos, PCR, qPCR em Tempo Real, clonagem, preparo de bibliotecas de DNA e RNA para sequenciamento de alto desempenho, montagem e análise de genomas e eletroforese capilar.

Já para a bolsa de Aproveitamento de Subprodutos da Indústria de Frutas e Hortaliças, o candidato deve ter experiência comprovada em pesquisas em áreas como secagem, tecnologia de frutas e hortaliças, propriedades de equilíbrio e propriedades tecnológica, assim como em difusão e transferência de conhecimento técnico-científico e coorientação de estudantes de graduação, mestrado e/ou doutorado.

Outros critérios serão considerados diferenciais, conforme descrito nos editais disponibilizados no site da instituição, onde também constam documentos necessários para inscrição e forma de submissão.

Pin It

Notícias por Ano