cabecalho apta130219

ITAL completa dez anos de certificação ISO 9001

O Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, completou, em março, dez anos de certificação ISO 9001 pelo seu Sistema de Gestão da Qualidade. Trata-se de uma das primeiras instituições públicas do País a se certificar, segundo a ABNT NBR ISO 9001 (versão brasileira da ISO 9001, norma internacional que estabelece requisitos para o SGQ). O fato significou, principalmente, a conscientização dos funcionários para a importância da busca contínua pela qualidade e mais controle e organização da documentação dos processos que são realizados no ITAL – pesquisas, ensaios, cursos abertos, publicações, serviços tecnológicos etc. Assim, o Instituto contabiliza os benefícios relacionados à qualidade. Um dos principais é a satisfação do cliente externo, medida por pesquisa realizada anualmente. Em 1996, o índice estava em 72,6%; em 1998, atingiu 81,7%; entre os anos 2002 e 2005, flutuou entre 89,1% e 89,9%; e, em 2006, superou o patamar de 90%, chegando a 90,5% em 2007. “Isso demonstra que o cliente percebe a importância de um trabalho de qualidade e reconhece o trabalho que o ITAL faz hoje. Muitos clientes que conquistamos ao longo dessa trajetória estão fundamentados também no fato de trabalharmos dentro de programas da qualidade reconhecidos mundialmente”, afirma o representante da direção no Sistema de Gestão da Qualidade (RA) do ITAL, Rodrigo Otávio Teixeira Neto. O ITAL foi recertificado na norma na versão NBR ISO 9001:2000 e foi agraciado com alguns prêmios relacionados à qualidade. Dois que podem ser destacados são o Prêmio Banas de Qualidade – considerado o Oscar da qualidade brasileiro – em 2000, e a Medalha de Prata no Prêmio Paulista de Qualidade da Gestão, outorgada pelo Instituto Paulista de Excelência da Gestão (IPEG). Além disso, possui atualmente 173 ensaios habilitados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e 19 acreditados pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial); os 192 ensaios estão, ainda, de acordo com a NBR ISO/IEC 17025, dedicada a requisitos gerenciais e técnicos para a implementação de sistema de gestão da qualidade em laboratórios de ensaio e calibração. Mesmo com os bons resultados e a obtenção da certificação, a comemoração deve ser conciliada com a busca pela melhoria contínua. Segundo Teixeira Neto, o mesmo esforço empreendido na obtenção da certificação deve ser mantido no dia-a-dia, para que as conquistas não sejam perdidas, para as recertificações e na ampliação do escopo de certificações e habilitações do ITAL. Referência para IEA A experiência do ITAL foi referência para que o Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA) iniciasse em 2002 seu processo de implantação do Sistema de Gestão da Qualidade com vistas à certificação. O ITAL mostrou que era possível adaptar normas originárias de empresas do setor industrial para instituições de pesquisa. Assim, o IEA recebeu, em maio de 2004, o certificado de qualidade ISO 9001:2000 pelo seu sistema de gestão. O IEA obteve a recertificação do seu sistema da qualidade em julho de 2007. Por Leila Rinaldi Ming, da Assessoria de Comunicação do ITAL e José Venâncio de Resende, do Gabinete da APTA
Pin It

Notícias por Ano