cabecalho apta130219

Intempéries reduzem estimativa de safra recorde de grãos

O oitavo levantamento da produção nacional de grãos para o ciclo 2006/07, anunciado nesta terça-feira (08-05) pelo presidente da Conab, Jacinto Ferreira, reafirma o recorde histórico da safra atual. São 130,7 milhões de toneladas contra 123,2 milhões/t da maior registrada no período 2002/03, ou 6,1% a mais. O resultado aponta ainda para um crescimento de 8,2% (9,9 milhões/t) sobre a safra passada, fechada em 120,8 milhões/t. Apesar da manutenção da alta, a pesquisa mostra uma redução de 0,3% na produção quando comparada à projeção do mês passado, de 131,1 milhões/t. A diminuição se deve principalmente às alterações do clima, como a seca ocorrida nos últimos meses nos estados do Centro-Sul do país. As culturas mais atingidas são a soja e o milho segunda safra. A primeira diminuiu 0,7% (de 57,96 para 57,55 milhões/t) e o milho caiu 2,4% (de 14,41 para 14,07 milhões/t). Por outro lado, houve crescimento de 1% no milho primeira safra (de 36,65 para 37 milhões/t) e de 1,2% no algodão (de 2,24 para 2,27 milhões/t). Cerca de 95% da soja (54,6 milhões/t) já foram colhidas e o restante será finalizado neste mês. Já as colheitas do milho primeira safra e do arroz seguem até setembro, estando já concluídos 85% do primeiro (31,5 milhões/t) e 92% do arroz (10,3 milhões/t) . Área: Ainda em relação ao estudo anterior, a área plantada foi reajustada em menos 0,3%, saindo de 45,98 milhões de hectares para 45,84 milhões/ha. Quando levada em conta a lavoura da safra passada (47,33 milhões/ha), a redução é de 3,1%. Os números foram atualizados pelos técnicos da estatal no período de 23 a 27 de abril. Eles entrevistaram representantes de cooperativas, órgãos públicos e privados, agentes financeiros e produtores de todo o país. As informações são da Conab.
Pin It

Notícias por Ano