cabecalho apta130219

Integração lavoura-pecuária: investimentos em equipamentos nos Pólos Regionais da APTA

A Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, obteve o financiamento de mais de 460 mil reais da Financiadora de Estudos e Projetos do Ministério da Ciência e Tecnologia (FINEP/MCT), para a modernização da infraestrutura relacionada com os programas de pesquisa do sistema de integração lavoura-pecuária. O valor aprovado pela FINEP será aplicado na compra de equipamentos e em obras de instalações zootécnicas dos Pólos Regionais da APTA, principalmente aqueles que estão localizados em regiões que tem a pecuária como característica da produção agrícola. Segundo dados de 2007 do Instituto Econômico Agrícola (IEA/APTA), o Estado de São Paulo possui cerca de 9,12 milhões de hectares de pastagens, área na qual o sistema lavoura-pecuária pode ser adotado para viabilizar a sustentabilidade de ambas as atividades. Do total recebido no financiamento, cerca de 370 mil reais serão utilizados para a aquisição de semeadoras próprias para plantio direto, pulverizadores agrícolas, tratores, entre outros equipamentos de implemento agrícola. Já os 90 mil reais restantes serão destinados para a adequação de salas de ordenha, construção e adequação de curral de manejo, complementação de laboratórios e confecção de rede de distribuição de água. Com a modernização da infraestrutura dos Pólos Regionais, os projetos de integração lavoura-pecuária serão ampliados. Dessa maneira, a transferência da tecnologia que estimula a produção da pecuária sustentável, reduzindo os impactos ambientais e sociais, chegará aos produtores do Estado de São Paulo, de forma a estimular a adequação dos sistemas de produção, conforme as exigências atuais do mercado. Segundo o coordenador da APTA, Orlando Melo de Castro, a verba que os laboratórios receberão se somará ao plano de modernização que o Governo Estadual está desenvolvendo no âmbito dos Pólos Regionais e dos Institutos de Pesquisa. Ele ressalta que a tecnologia que será desenvolvida pelos pesquisadores, juntamente com as linhas de crédito oferecidas a produtores pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento, irá facilitar a adoção das técnicas de integração lavoura-pecuária por parte dos interessados. O sistema de integração lavoura-pecuária introduz conceitos de produção que melhor aproveitam o espaço agrícola. Isto traz como resultado melhorias nas relações entre custos e benefícios e na proteção ambiental, visando principalmente à recuperação de pastos degradados. Assessoria de Comunicação da APTA Cleide Elizeu Tel: (19)3231.3260 Cel: (19)8801.2773 José Venâncio de Resende (11) 5067-0424
Pin It

Notícias por Ano