cabecalho apta130219

Inflação no campo: preços agrícolas sobem 3,75% em março

O índice quadrissemanal de preços recebidos pela agropecuária paulista (IqPR) fechou o mês de março de 2008 com alta de 3,75%, segundo análise do Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento. Os produtos de origem vegetal (IqPR-V) e animal (IqPR-A) apresentaram variações, respectivamente, de 4,80% e 1,15%. As maiores altas ocorreram nos preços do tomate para mesa (159,46%), da laranja para mesa (18,48%), da banana nanica (10,57%), da carne suína (7,55%), do trigo (5,54%), do leite tipo C (5,15%) e da carne bovina (4,09%). O aumento no preço do tomate de mesa reflete a entrada no mercado de uma variedade de melhor qualidade, cuja menor oferta forçou esta acentuada elevação. O preço da laranja para mesa ficou mais elevado por conta das altas temperaturas que influenciaram negativamente a produção, associadas ao período de entressafra. As maiores quedas foram verificadas nos preços do amendoim (21,01%), da carne de frango (9,09%), do café (4,48%) e do milho (1,32%). A redução no preço do amendoim deu-se em função do período de safra. No caso da carne de frango, a boa oferta do produto foi responsável pela baixa no preço pago ao produtor. No período analisado, 10 produtos apresentaram alta de preços (seis de origem vegetal e quatro de origem animal), enquanto seis produtos apresentaram recuo nas suas cotações (quatro de origem vegetal e 2 de origem animal). A análise é elaborada pelos pesquisadores Eder Pinatti (pinatti@iea.sp.gov.br), Raquel Castellucci Caruso Sachs (raquelsachs@iea.sp.gov.br), José Alberto Angelo (alberto@iea.sp.gov.br) e José Sidnei Gonçalves (sydy@iea.sp.gov.br). Mais informações podem ser encontradas no site www.iea.sp.gov.br. Por José Venâncio de Resende, do Gabinete da APTA
Pin It

Notícias por Ano