cabecalho apta130219

IB recebe grupo de indianos interessados em conhecer seus trabalhos em diagnósticos na área animal

O Instituto Biológico (IB-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, recebeu uma missão com dois profissionais indianos do National Dairy Development Board, em sua Sede, na Capital paulista, no dia 12 de dezembro de 2019. O grupo estava interessado em discutir os exames laboratoriais que o Instituto realiza na área animal.

Segundo a diretora-geral do IB, Ana Eugênia de Carvalho Campos, que recebeu a comitiva, juntamente com pesquisadores do Centro de Sanidade Animal, os indianos têm interesse em importar sêmen, embriões e animais vivos do Brasil da raça Gir para produção de leite. Esta raça foi introduzida no Brasil de rebanho oriundo da própria Índia, porém, os brasileiros investiram em conhecimento e biotecnologia para apurar as características positivas e manter um plantel de animais com excelente produção leiteira.

“Na Índia houve cruzamento de animais e a qualidade do plantel foi se deteriorando ao longo do tempo. Hoje, eles não conseguem mais suprir a demanda de leite e, por isso, pretendem importar a genética brasileira para melhorar a produção”, conta Ana Eugênia.

O grupo visitou os principais laboratórios da área animal do Instituto que possam atender os protocolos sanitários para exportação do material genético, como o Laboratório de Doenças Bacterianas da Reprodução, Laboratório de Bacteriologia Geral e o Laboratório de Viroses de Bovídeos. O Instituto Biológico possui acreditação na ISO 17025, que dá reconhecimento e credibilidade nas análises realizadas e, portanto, é possível atender os protocolos sanitários para garantir a biosseguridade do material genético a ser exportado.

Por Fernanda Domiciano
Assessoria de Imprensa - APTA
19 2137-8933

Pin It

Notícias por Ano