cabecalho apta130219

IB INAUGURA LABORATÓRIO DE REFERÊNCIA EM PRAGAS URBANAS

O Instituto Biológico da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (IB) inaugura, nesta quarta-feira (12/12), uma unidade laboratorial de referência em pragas urbanas. O secretário de Agricultura, João Sampaio, presente à cerimônia, destacará a importância do instituto, com 80 anos de tradição agropecuária em sanidade animal e vegetal. O IB tem uma grande demanda referente aos problemas causados por pragas, como cupins, formigas, pulgas, baratas, ratos, piolhos e traças, o que originou um grupo de estudos multidisciplinar, pioneiro e único, das áreas de entomologia, química ambiental, ecologia, toxicologia, tecnologia de aplicação e parasitologia, formado por cerca de 15 pessoas há pouco mais de 10 anos. O novo laboratório congregará esses pesquisadores, que originalmente estão dispersos nos diversos centros do instituto. Segundo o diretor-geral do IB, Antonio Batista Filho, os investimentos no laboratório atingiram cerca de R$ 25 mil até o momento, com recursos do Tesouro do Estado e de fundações. Os equipamentos necessários para início dos trabalhos já estão disponíveis e três profissionais ficarão permanentemente no local, além de uma equipe formada por estudantes de pós-graduação. “A implantação desse laboratório é mais um passo para obtermos o reconhecimento oficial da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para os trabalhos de controle de pragas. Nossos laboratórios são credenciados no Ministério da Agricultura e, agora, queremos o reconhecimento também da área de saúde”, afirmou. A iniciativa é parte de um processo de gestão de qualidade implantado a partir do início deste ano, que tem como principal objetivo obter a acreditação, demonstração formal de que determinado organismo tem competência para realizar tarefas específicas de avaliação da conformidade. Em junho, já foi modernizado o laboratório de anatomia patológica e inaugurado o Laboratório de Necropsia. CONTROLE DE PRAGAS – Os profissionais do IB pesquisam métodos alternativos de controle de pragas utilizando extratos vegetais e radiação gama, elaboram laudos de eficácia de novos produtos para registro no Ministério da Saúde, desenvolvem metodologias de testes de eficiência de produtos para fins de comprovação de atuação, emitem laudos e pareceres técnicos sobre identificação das pragas, grau de infestação e melhor técnica de controle a ser aplicado em residências, condomínios verticais e horizontais, parques, jardins, arborização urbana, dentre outros. Também desenvolvem pesquisas nas áreas de biologia, comportamento, taxonomia, levantamento, ocorrência e ecologia das principais pragas detectadas em áreas urbanas, e o grupo tem oferecido, com regularidade, cursos técnicos para controladores de pragas de prefeituras e empresas particulares de serviços de jardinagem, além de atender aos produtores de mudas de plantas ornamentais, engenheiros agrônomos, biólogos, paisagistas, arquitetos, profissionais das áreas de museus, bibliotecas, conservação de patrimônios e restauradores. O grupo assessora, ainda, no treinamento de técnicos responsáveis por parques e jardins municipais, inclusive de outros Estados, no tocante à identificação de danos e controle. O trabalho do IB no controle de pragas inclui a edição de publicações em linguagem acessível ao público leigo, que ajudam a conhecer parte da biologia e do comportamento de algumas pragas, aspectos fundamentais para um controle eficaz. Os serviços de controle são cobrados e os valores obtidos realimentam novas pesquisas, compras de materiais e insumos. SOBRE O IB – O Instituto Biológico de Defesa Agrícola e Animal, que em 1937 passou a denominar-se Instituto Biológico (IB), foi criado por lei no dia 26 de dezembro de 1927, mas sua “semente” surgiu três anos antes, com a instalação da “Commissão de Estudo e Debellação da Praga Cafeeira". Centro de referência em defesa sanitária animal e vegetal no Brasil e no exterior, o IB gera e difunde conhecimentos científicos e tecnológicos para o negócio agropecuário, assegurando a continuidade da geração de riqueza, oportunidades de trabalho nas mais diversas cadeias produtivas, melhoria da qualidade de vida da população e de suas relações com o meio ambiente. O IB, que conta com sete centros nas áreas de pesquisa, comunicação e administração, na área animal desenvolve técnicas de diagnóstico e controle para as principais enfermidades virais, bacteriológicas, parasitárias e nutricionais, além de produzir antígenos para diagnóstico de brucelose e tuberculose. Em sanidade vegetal, desenvolve pesquisas e presta serviços com o objetivo de controlar as principais pragas e doenças. Já na área ambiental, estuda e executa ações que buscam a sustentabilidade da agricultura e o oferecimento de alimentos dentro dos padrões exigidos pela legislação em vigor. SERVIÇO: Inauguração da Unidade Laboratorial de Referência em Pragas Urbanas Data: 12/12 Horário: 9h30 Local: Instituto Biológico – Auditório “Rocha Lima” Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 1.252, Vila Mariana – São Paulo/SP *Informações sobre controle de pragas podem ser obtidas pelo 11 5087-1769
Pin It

Notícias por Ano