cabecalho apta130219

IAC participa da Semana Nacional e Municipal de Ciência e tecnologia

O Instituto Agronômico (IAC), de Campinas, apresenta parte de suas tecnologias na 2ª Semana Municipal de Ciência e Tecnologia (SMCT), de 13 a 17 de outubro de 2014, das 8h30 às 17h, no Museu Exploratório de Ciências da UniversidadeEstadual de Campinas (Unicamp), em Campinas, interior paulista. Para mostrar um pouco de seus resultados, o IAC mostra materiais de café, grãos, citros e matérias-primas para indústria, como látex, algodão, crotalaria e pinhão-manso.
O objetivo é mostrar ao público uma amostra dos resultados das pesquisas agronômicas do IAC e como elas estão no cotidiano da população. A SMCT faz parte da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, promovida nacionalmente pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).
Os visitantes poderão ver café em suas diversas fases, mandioca e grãos de feijão, soja, milho, milho-pipoca, trigo,arroz preto, sorgo, aveia, amendoim e gergelim. Estão expostos também materiais citros e baby leaf de rúcula e tomate. Estes dois últimos não são variedades IAC, mas fazem parte da programação científica do Instituto Agronômico. Matérias-primas destinadas à indústria de vários setores, como cana-de-açúcar, algodão, crotalaria, pinhão-manso e seringueira também poderão ser vistas pelo público.
A fim de aproximar o mundo rural do universo urbano, o Instituto Agronômico apresenta também a maquete de umacasa de produção de farinha e os diversos tipos do alimento produzidos a partir da mandioca. Um painel com informaçõessobre produtos oriundos do látex, extraído da seringueira, também pode ser conferido e, sem dúvida, vai surpreender a muitos. Quantas pessoas conhecem a origem da chupeta do bebê, do preservativo ou do pneu do avião? Todos são fabricados com matéria-prima que nasce no campo, a borracha que escorre pela seringueira a partir do corte na árvore, procedimento chamado sangria. Mais recentemente, o látex vem sendo usado em escala industrial para produção de tecido.
É assim com centenas de produtos e serviços que fazem parte do cotidiano das pessoas, estejam elas em qualquer região brasileira. Lá do campo, esses materiais seguem para as indústrias de processamento até alcançarem as embalagens e os produtos finais que chegam à população.
Quem passar pelo estande do IAC na 2ª Semana Municipal de Ciência e Tecnologia poderá levar para casa o papel-semente com a flor Boca-de-leão. Parece apenas um papel, mas gera uma planta. Basta seguir as instruções do plantio, no verso do cartão.
IAC é pioneiro no Brasil
Ao gerar e transferir novas cultivares de plantas e pacotes tecnológicos para o agronegócio paulista e brasileiro, o Instituto Agronômico (IAC), de Campinas, vem cumprindo sua missão desde 1887, ininterruptamente. O IAC foi o primeiro instituto de pesquisa fundado no Brasil. Até 2014, 1014 cultivares de plantas já foram desenvolvidas, de 96 espécies. Este número cresce ano a ano. De 2013 a 2014, 21 novas cultivares foram geradas. Há também 11 patentes como titular e mais quatro em co-titularidade com outras instituições, além de um registro de software.
O trabalho realizado no Instituto Agronômico é direcionado ao desenvolvimento de tecnologias que auxiliam a geração de produtos e serviços com qualidade para atender às necessidades dos agricultores e às exigências das indústrias e dos consumidores — isso alinhado à sustentabilidade ambiental e viabilidade econômica.

O IAC se dedica à transferência das soluções geradas, a fim de que estas possam ser efetivamente adotadas pelos setores de produção. Contribui para a formação de recursos humanos, por meio da Pós-Graduação em Agricultura Tropical e Subtropical, com cursos de Mestrado e Doutorado. Referendada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), a PG-IAC se diferencia por oferecer formação voltada para a pesquisa aplicada. Também oferece o MBA em Fitossanidade, curso a distância, em parceria com a Associação Nacional de Defesa Vegetal (ANDEF).

 

Texto de Carla Gomes (MTb 28156) e Fernanda Domiciano – Assessoria de Imprensa – IAC

 
Pin It

Notícias por Ano