Apta

Governador Geraldo Alckmin conhece a Vitrine de Tecnologia Sustentável, desenvolvida pela Secretaria, na InterCorte 2016

O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin a Vitrine de Tecnologia Sustentável, projeto desenvolvido pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento, por meio do Instituto de Zootecnia (IZ), ligado à Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). O projeto, que garante um sistema sustentável de produção, foi apresentado ao governador pelo secretário Arnaldo Jardim e pela diretora do IZ, Renata Branco Arnandes, no estande da Pasta, instalado na Exposição Tecnológica da Cadeia Produtiva da Carne – InterCorte 2016, no Pavilhão da Bienal, em São Paulo.
A iniciativa mostra, na prática, os ganhos ambientais e econômicos do Sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF). Em parceria com o setor privado, a área ocupará 44 hectares do Polo Regional Ribeirão Preto, da APTA, que fica na sede da Agrishow, em Ribeirão Preto, conforme explicou Renata Arnandes ao governador, durante a visita dele à InterCorte 2016, em 17 de junho de 2016.
“Não é possível ser um bom pecuarista se antes de tudo, o produtor não for um bom agricultor. Atualmente, os cuidados para garantir a produção agropecuária vão desde a genética, manejo adequado, controle para garantia da sanidade animal. A produção integrada, por meio do ILPF, garante todo o apoio necessário para gerar mais produtividade ao homem do campo“, afirmou o governador.
De acordo com Arnaldo Jardim, a Vitrine será uma amostra permanente de tecnologia, apresentando diversas formas de manejo e cultura, mas sempre demonstrando esse conceito de integrar a produção. “O espaço terá uma área de experimentação, com atividades desenvolvidas ao longo do ano e terá parcerias com o setor de insumos. Será uma iniciativa muito relevante para introduzir o conceito do ILPF, ampliando a produtividade com qualidade e em harmonia com o ambiente”, disse.
A diretora do IZ, Renata Branco Arnandes, ressaltou que “a unidade de referência tecnológica deverá permanecer instalada por pelo menos 12 anos, para orientar técnicos, pesquisadores e acadêmicos interessados no assunto, além de empresas que queiram desenvolver pesquisas e sistemas de tecnologia sustentável”, pontuou.
A ação do instituto para divulgar a Vitrine incluirá ainda a realização de Dias de Campo, para orientar os produtores, principalmente sobre a silagem de sorgo e milho fornecida ao gado de corte, além da possibilidade de recuperação do solo degradado e de preservação das nascentes d’água.
Por reunir expositores da área de insumos e tecnologias agropecuárias, a InterCorte foi o espaço ideal para disseminação dos conceitos do sistema ILPF, conforme ressaltou o coordenador da APTA, Orlando Melo de Castro. “Esse público é diferente do público da Agrishow, em que a tecnologia foi apresentada pela primeira vez, e pudemos detectar que o setor tem interesse na implantação do sistema. A ExpoCorte também se consolida como um espaço para o IZ firmar sua marca como instituição de genética de Nelore e pecuária de corte, por meio do Centro Avançado de Pesquisa Tecnológica de Bovinos de Corte, em Sertãozinho”, afirmou.
O ILPF é o futuro da agropecuária, na opinião do zootecnista Ronaldo Thaumaturgo, que visitou a InterCorte para se atualizar sobre as novas tecnologias disponíveis para o setor. “O sistema garante uma produção sustentável durante todo o ano e não apenas no período das safras. Com isso, o produtor tem mais uma alternativa para garantir renda”, observou.
Para o produtor de soja, milho e gado, Miguel Sastre, que tem propriedade no Mato Grosso, todos os produtores têm condições de implantar o sistema. “A saída para aumentar a produtividade da terra, seguindo os padrões de preservação ambiental, é  ILPF. Cada produtor terá uma característica diferenciada, mas este é o caminho para fazer agricultura de forma sustentável. Basta encontrar o modelo que melhor se adequar a sua atividade”, afirmou.
João Mendes Paixão, que trabalhou por mais de 20 anos com leilões no rurais em todo o País, afirma que o produtor precisa ter a visão de investir na agricultura sustentável. “A agricultura e a pecuária têm segurado a economia do País e apesar da crise, este mercado continua aquecido, inclusive com um crescimento nas exportações. Por isso é importante continuar investindo em práticas que melhoram o setor”, avaliou.
Por Paloma Minke
Mais informações
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo
(11) 5067-0069

Pin It

Notícias por Ano