cabecalho apta130219

FUNDO TERÁ R$ 123 MILHÕES PARA PEQUENO PRODUTOR PAULISTA

Em reunião do Conselho de Orientação do FEAP, presidido pelo secretário de agricultura e abastecimento, João Sampaio, foram aprovados os recursos disponíveis aos pequenos produtores paulistas para o ano de 2007. São R$ 123,23 milhões, sendo R$ 97,54 milhões para as 27 linhas de financiamento e outros R$ 25,03 milhões para o Projeto estadual de Subvenção ao prêmio do seguro rural e R$ 660 mil para o fundo de aval. O FEAP oferece condições especiais como juros de 4% ao ano, prazos de pagamento de até 7 anos e carência de 2 anos para os agricultores com renda bruta anual de até R$ 215 mil. O crédito do FEAP se concentra nas atividades agrícolas desenvolvidas por pequenos produtores como: pecuária de leite e investimentos em equipamentos como tanques de resfriamento, matrizes de alta qualidade; ovinocultura, irrigação para fruticultura, olerícolas em ambientes protegidos, piscicultura em tanques-rede renovação de pomares cítricos, compra de equipamentos para a melhoria da qualidade do café e uma linha das mais procuradas, dentro da política de desenvolvimento sustentável da Secretaria, a de aquisição de máquinas de plantio direto. Cada linha tem um aporte de recursos específicos e que podem ser realocados conforme a demanda do produtor, mediante decisão do Conselho do FEAP, formado por entidades representativas do setor, corpo técnico da Secretaria e o Banco Nossa Caixa, o agente financeiro do FEAP. “Estes financiamentos são um importante suporte para o pequeno produtor paulista e queremos ampliar o seu alcance, discutindo alternativas melhores ao agricultor dentro do âmbito democrático do Conselho”, afirma o secretário João Sampaio. Para o Projeto de Subvenção do Prêmio do Seguro Rural são R$ 25,03 milhões disponíveis para o pagamento de 50% prêmio do seguro rural pago pelo produtor que faz o seguro da sua produção. O projeto, está no seu quarto ciclo agrícola, e serve de modelo em todo o país. O procedimento é simples: o produtor com perfil FEAP, isto é, renda bruta anual de até R$ 215 mil, faz o seguro da sua produção em uma das seguradoras credenciadas pelo Projeto, desde que a cultura esteja dentro do projeto e dentro da área especificada pelo zoneamento agrícola da Secretaria. De posse da apólice, dirige-se a Casa de Agricultura local ou escritório de desenvolvimento rural e apresenta aos nossos técnicos. Aprovado, dentro de no máximo 30 a 45 dias, já que todo o processo é informatizado, ele recebe metade do prêmio pago na sua conta corrente do Banco Nossa Caixa. O ciclo agrícola atual , que vai até julho, contempla produtores de 23 culturas. Veja maiores detalhes no site da Secretaria – www.agricultura.sp.gov.br no link crédito e seguro rural. Informações: Assessoria de Comunicação Tel.: 11 5067-0069 – www.agricultura.sp.gov.br Euzi Dognani
Pin It

Notícias por Ano