cabecalho apta130219

Frango vivo obtém alta de dez centavos

Repetindo 2006, frango vivo obtém alta de dez centavos, a primeira em mais de 30 dias Ontem, o frango vivo negociado no interior paulista obteve reajuste de dez centavos e foi comercializado por R$1,15/kg. Conforme a Jox Assessoria Agropecuária, embora fosse registrada a existência, ainda, de lotes esparsos com peso acima da média (vendidos em condições diferenciadas), a oferta do produto com peso normal esteve mais ajustada, o que proporcionou sustentação para a correção de preços. Idêntico comportamento foi registrado em Minas Gerais onde, com o reajuste de dez centavos, o frango vivo se encontra agora em R$1,30/kg. Por ora repete-se, ipsis literis, o ocorrido em maio de 2006, na semana que antecedeu o Dia das Mães. Pois então, depois de abrir o mês cotado a R$1,05/kg, valor mantido durante toda a primeira semana de maio, o frango vivo obteve reajuste de cinco centavos logo no primeiro dia de negócios da segunda semana. Como observa a Jox, a possibilidade de novos aumentos não pode ser descartada. E não só porque as transações de ontem foram desenvolvidas em ambiente firme, mas também por se contar com o aquecimento da demanda neste e nos próximos dias. Assim, é torcer para que “a escrita” de 2006 tenha continuidade (pelo menos, a da segunda semana do mês), porquanto na época, em três dias sucessivos (segunda, terça e quarta-feira), o frango vivo obteve 25 centavos de reajuste e passou de R$1,05/kg para R$1,30/kg.
Pin It

Notícias por Ano