cabecalho apta130219

Frango vivo encerrou o mês de março em leve alta

O frango que está sendo abatido hoje no interior paulista foi comercializado no sábado por R$1,30/kg, após uma alta de cinco centavos ocorrida na sexta-feira. Comportamento absolutamente similar foi observado no mercado mineiro, onde o frango vivo se encontra agora em R$1,40/kg. Quase 30% inferior àquela vigente há 30 dias, a nova cotação repete o ocorrido há um ano quando, no último dia de comercialização do mês (30 de março de 2006, um sábado) e após um processo de redução de preços contínuo, iniciado em outubro de 2005, o frango vivo experimentou sua primeira alta do ano. De toda forma, o primeiro trimestre de 2007 foi encerrado com o mesmo preço de abertura do ano, enquanto há um ano, ainda que em início de recuperação, o preço do frango vivo se encontrava 27% abaixo do valor de abertura de 2006. A semana e o mês estão sendo abertos com novas expectativas. A semana (Santa) é mais curta e, portanto, abates devem ser antecipados. A semana é de compras, pois chega ao mercado a massa salarial do mês. Além disso, o final de semana é de Páscoa e, por isso, o consumo deve experimentar um bom incremento. Poder-se-ia acrescentar a esses fatores favoráveis o fato de que, a partir de ontem(2/04), o trabalhador brasileiro passa a receber um novo salário mínimo. Mas os 8% de acréscimo daí decorrentes só chegam ao bolso do assalariado dentro de 30 dias. Assim, os efeitos do aumento na economia serão mínimos neste mês. Ainda assim a conjuntura favorece, senão reajustes de preços, maior movimentação no mercado de frangos. E o simples aumento no giro da produção minimiza os problemas enfrentados pelo produtor.
Pin It

Notícias por Ano