cabecalho apta130219

Exportações do agronegócio paulista crescem 14,9%, para US$ 21,47 bi, em janeiro-novembro

As exportações do agronegócio paulista cresceram 14,9%, para US$ 21,47 bilhões, em janeiro-novembro deste ano, comparado com igual período de 2010, de acordo com o Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento. Como o valor das importações subiu mais (31,2%, para US$ 9,59 bilhões), o saldo comercial do setor atingiu US$ 11,88 bilhões (acréscimo de 4,5%).
As importações paulistas dos demais setores (não inclui o agronegócio) somaram US$ 66,17 bilhões, enquanto as exportações ficaram em US$ 33,19 bilhões. O resultado foi um déficit externo desse agregado de US$ 32,98 bilhões. Assim, “o déficit do comércio exterior paulista só não foi maior devido ao desempenho dos agronegócios estaduais, cujos saldos mantiveram-se positivos”, concluem os pesquisadores José Roberto Vicente e José Sidnei Gonçalves.
A participação das exportações do agronegócio paulista no total das vendas externas do Estado diminuiu 0,1 ponto percentual, no período janeiro-novembro, em relação aos onze meses do ano passado. Por sua vez, a participação das importações aumentou 1,0 ponto percentual no mesmo período.
Brasil
No cenário nacional, as exportações do agronegócio cresceram 24,3%, para US$ 91,41 bilhões (39,1% do total). O valor das importações do setor aumentou mais (40,7%), para US$ 30,22 bilhões (representando 14,5% do total). Com isso, o superávit do agronegócio brasileiro foi de US$ 61,19 bilhões (17,5% superior ao do mesmo período do ano passado).
Mais uma vez, o desempenho do agronegócio sustentou a balança comercial brasileira, dizem os autores da análise. É que os demais setores da economia, com exportações de US$ 142,50 bilhões e importações de US$177,72 bilhões, produziram no período um déficit de US$ 35,22 bilhões.
A participação do agronegócio no total da balança comercial do País recuou em termos das exportações (-1,5 ponto percentual), mas aumentou com relação às importações (1,6 ponto percentual). Já as exportações do agronegócio paulista representaram 23,5% do valor setorial brasileiro, ou seja, 1,9 ponto percentual a menos que no mesmo período em 2010. Por sua vez, as importações do Estado representaram 31,7% das aquisições nacionais do setor, ou seja, 2,3 pontos percentuais a menos do que janeiro-novembro do ano passado.
A íntegra da análise está disponível aqui 
Assessoria de Comunicação da APTA
José Venâncio de Resende
Camila Amorim/Eliane Christina da Silva
(11) 5067-0424

 

Pin It

Notícias por Ano