cabecalho apta130219

Exportações do agronegócio brasileiro cresceram 25,5%

No mês passado, o valor exportado pelo agronegócio foi de US$ 3,483 bilhões, com crescimento de 20,7% sobre igual período de 2006. Diante de importações de US$ 609 milhões (+ 39,2%), o saldo comercial alcançou US$ 2,873 bilhões. No acumulado dos últimos 12 meses, as exportações do setor totalizaram US$ 50,906 bilhões, com aumento de 15,6% em relação aos US$ 44,044 bilhões registrados entre março de 2005 e fevereiro de 2006. Os gastos com importação atingiram US$ 7,014 bilhões (+ 32,9%), e o superávit acumulado ficou em US$ 43,892 bilhões. Os grupos de produtos que mais contribuíram para a expansão do valor exportado no primeiro bimestre foram o complexo sucroalcooleiro (+ 78,4%), carnes (+ 24,5%), café (+ 32,8%), sucos de frutas (+ 74%) e produtos florestais (+ 10,9%). Em relação aos produtos, destacam-se milho (+ 351%), álcool etílico (+ 145%), fumo (+ 98,4%), suco de laranja (+ 75,9%), açúcar em bruto (+ 70%), carne bovina in natura (+ 61,3%) e açúcar refinado (+ 57,8%). As exportações cresceram para quase todas as regiões: Oriente Médio (+ 47%), África (+ 43,7%), União Européia (+ 37%) e Europa Oriental (+ 30,7%). O aumento do valor exportado em fevereiro foi impulsionado pelo crescimento das exportações de carnes, complexo sucroalcooleiro, complexo soja e fumo. De acordo com os técnicos da Secretaria de Relações Internacional do Agronegócio, esses setores foram responsáveis por mais de 80% do incremento absoluto dos embarques no mês passado. O valor exportado de carnes cresceu 36,9% em fevereiro, em relação a igual período de 2006. As vendas externas do setor atingiram US$ 766 milhões, contra os US$ 560 milhões registrados no mesmo mês do ano passado. A maior contribuição foi da carne bovina in natura (+81,4%). A carne de frango in natura apresentou elevação de 15,6% na comparação com fevereiro de 2006, o que provocou uma recuperação de 13,3% no volume embarcado, com preços 2% superiores. Ainda segundo os números divulgados pela Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio, as carnes industrializadas tiveram forte incremento em fevereiro, em relação a igual período de 2006. O valor exportado de carne bovina industrializada cresceu 23,3%, e o de frango, 89,2%. O setor sucroalcooleiro também teve desempenho positivo. O valor exportado dos dois produtos aumentou 41,9% em relação a fevereiro de 2006, saltando de US$ 310 milhões para US$ 400 milhões. As exportações de álcool tiveram crescimento de 42,4% na quantidade e de incremento de 43,7% no preço médio. Os embarques de açúcar tiveram elevação de 20% na quantidade e de aumento de preço de 14% no produto em bruto. (fonte: MAPA - Imprensa)
Pin It

Notícias por Ano