cabecalho apta130219

Exportações de suco de laranja crescem em 2006

As exportações brasileiras de suco de laranja concentrado e congelado somaram 116.394 toneladas em janeiro deste ano e o total acumulado na safra 2005/2006, iniciada em julho, atingiu 806.754 toneladas. O volume exportado no primeiro mês de 2006 é 20,25% maior do que o obtido em janeiro de 2005, de 96.787 toneladas Já o total exportado nos sete meses desta safra é 0,72% maior do que as 800.983 toneladas enviadas ao exterior no mesmo período da passada. Os dados são da Associação Brasileira dos Exportadores de Cítricos (Abecitrus), com base nos dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria Comércio Exterior. Outros mercados Os destaques de exportações da safra 2005/2006 seguem para a Ásia e os chamados outros mercados, formados principalmente por Oceania, Oriente Médio e Sudeste Asiático. Com a Ásia, de acordo com o levantamento, o crescimento nas exportações foi de 35,98% em 2005/2006, em comparação à safra passada. O volume saltou de 77.899 toneladas para 105.931 toneladas. As exportações para a Ásia seguem, desde novembro, maiores que as feitas para os países do Tratado de Livre Comércio da América do Norte (Nafta), principalmente os Estados Unidos, que até então mantinham o segundo lugar na pauta da indústria processadora de suco do Brasil. As exportações para o Nafta movimentaram 104.343 toneladas de suco entre julho de 2005 e janeiro de 2006, ante 101.510 toneladas em igual período em 2004/2005, aumento de 2,8%. Exportações de suco de laranja para outros países dispararam de 40.153 toneladas, na safra passada, para 70.787 toneladas em 2005/2006, aumento de 76,29% se comparados os dois períodos. Já a União Européia segue como principal cliente do Brasil no setor, apesar da queda nas exportações na safra, com uma redução nos embarques de suco de laranja de 9,48% entre julho e janeiro, ante o mesmo período de 2004, de 580.000 toneladas para 524.979 toneladas.
Pin It

Notícias por Ano