cabecalho apta130219

Equipamento do IAC ajuda na medição da seiva das plantas e colabora com meio ambiente

Equipamento inédito, que realiza a medição direta do fluxo de seiva, por meio de sensores implantados em caules de plantas, em seu ambiente natural, foi desenvolvido pelo Instituto Agronômico (IAC-APTA) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento. Trata-se do Micropulso IAC, focado na agricultura competitiva e sustentável.
Essa aferição é importante para determinar o consumo hídrico na agricultura, além de dar base para o conhecimento da dinâmica da água na planta e a análise de estresse hídrico. A partir desses dados, é possível entender como espécies agrícolas se comportam em determinados ambientes e melhorar o rendimento econômico.
Por ser portátil e móvel, o equipamento tem aplicação prática em laboratórios de irrigação e drenagem, agrometeorologia, ecofisiologia de plantas entre outros, que precisam determinar a lâmina de consumo hídrico de maneira precisa e não invasiva, para estudos detalhados da dinâmica da água na planta.
O Micropulso IAC foi desenvolvido com recursos próprios e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). O aparelho está patenteado junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), de acordo com o pesquisador Antônio Odair Santos.
A metodologia do equipamento é baseada no “pulso de calor” já existente. O sistema possui agulhas de implantação com diâmetro de 0,5 mm, que atuam como sensores. Na Austrália, existe tecnologia semelhante, cujo método é o mesmo, mas possuem sensores com diâmetro maior de 1 mm e com o foco apenas na fruticultura. “Sensores maiores apresentam erros maiores, pois são mais invasivos”, diz o pesquisador.
A determinação do consumo hídrico é realizada por meio da energia solar, que é armazenada em baterias, explica Santos. A seiva é marcada com calor em intervalos regulares de 15 minutos. “O monitoramento é feito com base no deslocamento do calor, por meio de programa computacional, dessa forma a curva da perda d'agua é determinada e armazenada.” Outro diferencial do equipamento está no uso de energia limpa e na melhor utilização do uso da água.
O monitoramento é realizado em plantas herbáceas como o milho, girassol e plantas lenhosas de caule fino, como a videira ou espécies de caules parecidos. Segundo Santos, o Micropulso IAC também é utilizado em projetos de fruticultura, onde é de suma importância o monitoramento do consumo hídrico para abertura automática de sistemas de irrigação.
No momento, o IAC fabrica apenas o equipamento para pessoas físicas. Os interessados podem entrar em contato com o IAC no setor de projetos.
Mais informações estão disponíveis no site www.iac.sp.gov.br.

Assessoria de Imprensa do IAC
Carla Gomes/Mônica Galdino
(19) 2137-0613/0616

Assessoria de Comunicação da APTA
José Venâncio de Resende
Camila Amorim/Eliane Christina da Silva (estagiárias)
(19) 5067-0424

Pin It

Notícias por Ano