cabecalho apta130219

Empresa holandesa doa equipamento ao Cereal Chocotec-ITAL

Um moinho para fabricação de chocolates foi doado pela empresa holandesa Caotech ao Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento). O equipamento utiliza esferas no refino, enquanto o modelo tradicional que o instituto possui emprega cilindros. A solenidade de entrega foi realizada no dia 15 de junho último, mas o equipamento chegou na semana anterior, quando os funcionários do Centro de Tecnologia de Cereais e Chocolates (Cereal Chocotec-ITAL) foram treinados em sua utilização.
“O equipamento tem vantagens, algumas facilidades em termos de processos, como ganho de tempo em relação ao modelo tradicional com manutenção da qualidade. Outros fatores precisam ser confirmados, como redução de gastos energéticos na linha de produção. A proposta é continuar a parceria para realizarmos estudos com formulações brasileiras e verificarmos a performance dele”, relata a diretora técnica do Cereal Chocotec-ITAL, Ana Lúcia Fadini.
Embora o equipamento que utiliza cilindros seja o mais comum na indústria brasileira de chocolates, algumas empresas já trabalham com o modelo doado ao ITAL. Ana Lúcia explica também que a ideia não é promover a substituição de uma versão por outra – há, inclusive, a possibilidade de uma mesma empresa utilizar os dois – mas estudar a nova tecnologia que o equipamento propõe, que pode ser vantajosa, inclusive, para micro e pequenas empresas, que trabalham com escalas menores de produção.
O equipamento – que está avaliado em 12 mil euros (cerca de 32 mil reais) – será utilizado em cursos que são ministrados pelo Cereal Chocotec-ITAL ao setor produtivo, em trabalhos de assistência tecnológica, além de projetos de pesquisa e desenvolvimento. O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (Abicab), Getúlio Ursulino Netto, que também preside o Conselho Consultivo do Cereal Chocotec-ITAL, ajudou a intermediar a negociação com a empresa e considera este tipo de parceria importante para o setor. “Os fabricantes internacionais têm uma experiência enorme e nós sempre procuramos trazer essa experiência para cá. Nada como ter o equipamento em um lugar em que se possa não só conhecê-lo, mas também fazer testes. Este tipo de iniciativa conjunta é muito importante”, defende.
“Este tipo de parceria é um modelo que desejamos implementar com empresas fornecedoras tanto de equipamentos quanto de insumos. O intuito de tudo isto é oferecer o que há de mais moderno em termos de equipamentos e também de ingredientes, além de nos firmarmos como um local onde as empresas do setor possam ter acesso às inovações. Por outro lado, as empresas de equipamentos e insumos também precisam conhecer esta abertura e possibilidade de parceria”, conclui Ana Lúcia.
Assessoria de Comunicação do ITAL
Leila Ming Bratfisch
(19) 3743-1757 / leila@ital.sp.gov.br
Assessoria de Comunicação da APTA
José Venâncio de Resende
(11) 5067-0424

Acompanhe a Secretaria de Agricultura no Twitter

 

Pin It

Notícias por Ano