cabecalho apta130219

Duas usinas paulistas negociam fusão

Dois dos maiores grupos produtores de açúcar e álcool do País, as empresas paulistas Companhia Energética Santa Elisa, com sede em Sertãozinho, e a Companhia Açucareira Vale do Rosário, de Morro Agudo, estudam uma fusão, com a criação de uma nova empresa e a posterior abertura de capital na Bolsa de Valores. A operação está sendo dirigida pelos bancos holandeses Rabobank e ING. A informação foi confirmada por um dos acionistas da Vale do Rosário e por César Frossard, diretor da Crystalsev, trading cujas companhias respondem por 70% da comercialização de açúcar e álcool. "A medida também daria mais consistência à produção e maior capacidade de investimento no setor", afirmou Frossard. A Santa Elisa possui, além da usina em Sertãozinho, uma unidade em Colômbia (SP) e projetos de construção de duas novas usinas produtoras de açúcar e álcool na região do Triângulo Mineiro - uma delas em Ituiutaba, terá investimentos de R$ 350 milhões. A Vale do Rosário, é acionista majoritária da usina Jardest, localizada em Jardinópolis (SP), e já é sócia da Companhia Energética Santa Elisa na Usina de Açúcar e Álcool MB Ltda. As duas empresas já haviam anunciado a construção de uma unidade produtora de açúcar e de álcool na cidade de Edéia (GO), com investimentos de R$ 200 milhões, por meio da joint venture Tropical Bio Energia - que também conta com a participação do grupo algodoeiro Maeda. O processo de fusão entre a Santa Elisa e a Vale do Rosário, se aprovado pelos acionistas, deve ser concretizado apenas no próximo ano e envolveria todas as unidades produtoras. Produção Na safra 2005/2006, os dois grupos moeram, juntos, mais de 16 milhões de toneladas de cana, produzindo 1,1 milhão de toneladas de açúcar e 600 milhões de litros de etanol. Desde então, algumas das unidades tiveram aumento da capacidade de moagem. Apensa o grupo Santa Elisa, por exemplo, deverá esmagar cerca de 10,4 milhões de toneladas de cana em 2006/2007. Por sua vez, a MB vai esmagar 300 mil toneladas de cana a menos nesta safra. Com isso, a previsão da usina caiu para 2,6 milhões de toneladas de cana, rendendo 185 mil toneladas de açúcar e 140 milhões de litros de álcool.
Pin It

Notícias por Ano