Apta

Dia do Agricultor terá comemoração especial no Parque da Água Branca

Apresentações de artistas, exposição de animais, feira de produtos da agricultura familiar, palestras e curiosidades marcam o dia do agricultor, que é celebrado neste sábado, dia 28. O evento faz parte do calendário de comemorações de 120 anos da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (SAA/SP).
Dados da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO) demonstram que, recentemente, a Terra alcançou a marca de 7 bilhões de habitantes. Em 2050, seremos 9,3 bilhões. Números que trazem um enorme desafio: atender à demanda crescente por alimentos, fibras e energia, com sustentabilidade. O Brasil terá um papel fundamental nesse processo, especialmente o Estado de São Paulo.
A força da agricultura paulista
Com apenas 2,5% do território do País, São Paulo responde por 30% do agronegócio brasileiro. O aumento da produtividade no estado é fruto de tecnologia e gestão, que permitem produzir mais no mesmo espaço territorial. Somos o maior produtor do Brasil e do mundo em cana de açúcar, açúcar, etanol e co-geração de energia. Estimativas apontam que até 2020 a energia gerada do bagaço da cana poderá alcançar a produção de Itaipu.
Cerca de 80% da produção nacional de laranja é paulista. De cada cinco copos de suco consumidos no mundo, três vêm de pomares do Estado de São Paulo. É a maior produção do mundo. Somos também o maior produtor nacional de frutas de mesa, o terceiro maior de café e o quarto maior em carne de frango. E o maior produtor de ovos de galinha: mais de um bilhão de dúzias ao ano. São Paulo ainda produz ¼ das hortaliças consumidas no país.
Um cenário que mostra a força e a importância de milhões de trabalhadores rurais, na agricultura familiar ou nas grandes propriedades, que movimentam o agronegócio do Estado. Em reconhecimento a este importante setor da economia, e dando continuidade ao calendário de eventos de 120 anos da SAA, será realizado no próximo sábado, dia 28, um evento em homenagem ao Dia do Agricultor, no Parque da Água Branca.
Homenagem para quem alimenta a vida
A comemoração será das 9h00 às 16h00, com entrada gratuita à população. Durante todo o dia, os visitantes poderão conferir as ações e serviços da SAA por meio dos institutos e coordenadorias ligados ao órgão. Na programação, haverá shows com artistas populares, exposições, espaço recreativo para crianças e adultos, comercialização de mudas, palestras e apresentação de projetos.
A Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (Codeagro) levará para o Parque da Água Branca os projetos Bom Preço Agricultor, Selo Qualidade “Produto de São Paulo” e estufa modelo com apresentação do projeto Hortalimento, além da presença das Câmaras Setoriais e do Instituto do Cooperativismo e Associativismo (ICA).  Para o lazer, será montado o espaço Centro de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável (CESANS), local reservado para atividades infantis de educação nutricional e distribuição do Manual “Brinque e Aprenda” e display com alimentos estilizados, para fotografias. Já os adultos poderão usufruir do espaço de degustação Momento Gourmet Brasil Itália.
A Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI) levará para o parque diversas associações para exposição e venda de produtos variados e artesanatos da pequena agricultura. Essas associações são beneficiárias de ações desenvolvidas pela instituição.
Além disso, a CATI apresentará alternativas ao produtor na área de sementes e mudas, com a exposição de espécies de essências florestais, frutíferas silvestres e arborização e mais de 20 variedades de sementes.
Atrações para desvendar o mundo da agricultura e da pesquisa
Instituto de Pesca - IP
Haverá exposição de aquários com peixes ornamentais e com tilápia e um terrário com um exemplar de rã-touro, além de exposição de publicações produzidas pelo Instituto e alguns painéis apresentando atividades desenvolvidas pelo mesmo.
Palestras realizadas pelo Instituto de Economia Agrícola - IEA
Horário: 10 horas
Título: "Mulheres Assentadas: Desvendando Mercados no Estado de São Paulo - Hortaliças no Município de Rancharia - SP"
Palestrante: Pesquisadora Ana Victória Vieira Martins Monteiro
Local: Auditório Paulinho Nogueira
Horário: 11 horas
Título: Agricultor do Entorno Metropolitano: desafios e oportunidades
Palestrante: Pesquisadora Adriana Renata Verdi
Local: Auditório Paulinho Nogueira
Instituto Biológico - IB
A exposição Planeta Inseto apresenta a importância desses organismos na vida humana. A mostra retrata, de forma lúdica e interativa, os diversos aspectos sobre os insetos, sensibilizando o público para sua importância na sustentabilidade ambiental, produção de alimentos e saúde pública. O projeto é coordenado pelo Instituto Biológico (IB), tendo como parceiros a Secretaria da Cultura e o Catavento Cultural e Educacional.
Instituto de Tecnologia dos Alimentos – ITAL
Durante as comemorações do Dia do Agricultor, o Instituto de Tecnologia de Alimentos apresentará os trabalhos desenvolvidos pelo Instituto e que estão presentes no cotidiano da população. Quem visitar a exposição encontrará o terminal eletrônico “Aqui tem ITAL”. Nele, o público poderá interagir e encontrar informações diversas, além de curiosidades sobre alimentação. Dúvidas como a diferença entre alimentos light e diet e mitos como a composição da salsicha e hambúrgueres são respondidas pelo terminal eletrônico.
Instituto Agronômico - IAC
O IAC irá expor o alho negro, antúrio, cana-de-açúcar, Programa IAC de Cafés Especiais, laranja de polpa vermelha, tangerina sem sementes, variedades comerciais de citros, o abacaxi IAC fantástico, o pêssego douradão, a nêspera centenária, mandioca, sementes, informações sobre sustentabilidade hídrica e amostras de solos.
O feijão IAC Formoso será um dos destaques da exposição. Lançado em 2011, a variedade é uma importante fonte de isoflavona, fitoestrógeno que pode prevenir doenças coronárias e crônicas, bem como ser usado na reposição hormonal pelas mulheres. Em estudos desenvolvidos IAC foi comprovado que na variedade de feijão IAC Formoso, há 10% da isoflavona encontrada na soja. O material do IAC tem ainda 20% a mais de proteína quando comparado com as outras variedades. Os estudos para a descoberta da isoflavona no feijão levaram cerca de um ano e tiveram parceria da Universidade de São Paulo (USP).
Instituto de Zootecnia – IZ
Durante o evento a população que visitar o Parque da Água Branca poderá conhecer o Programa de Forragicultura do IZ através das amostras de forrageiras que serão expostas no estande do Instituto. O programa dispõe de uma grande coleção de plantas forrageiras classificadas como leguminosas, capazes de fixar o nitrogênio atmosférico que podem reduzir ou eliminar a demanda por fertilizantes nitrogenados provenientes da indústria petroquímica nos sistemas de produção animal. Essa tecnologia faz parte dos novos modelos de recuperação e manejo correto das pastagens, preservando solo, recursos hídricos e florestais e contribuindo para redução do aquecimento global.
Outras atrações do Instituto de Zootecnia serão as exposições de animais, como os oito ovinos das raças Santa Inês, Morada Nova, Texel e Dorper que fazem parte do Programa da Ovinocultura no Estado de São Paulo; duas novilhas leiteiras da raça holandês e a vaca Derrota, da raça nelore, umas das principais doadoras do País.
O Programa de Consolidação da Ovinocultura no Estado de São Paulo, entre outros, é o pleno atendimento dos anseios de nossos clientes (produtores rurais), em resposta ao significativo aumento da demanda por informações sobre a atividade. Especial atenção deve ser focada nas raças de introdução relativamente recente no mercado nacional, com características potenciais de interesse, mas ainda sem disponibilidade de informações precisas e suficientes. Neste sentido, a manutenção de um permanente relacionamento com o setor produtivo garantirá a adequação e o desenvolvimento das atividades de pesquisa e de fomento.
Os bovinos que serão apresentados fazem parte do programa para Bovinos de Corte  que tem como premissa propor tecnologias para uma produção animal sustentável, quebrando inúmeros paradigmas da zootecnia desenvolvida nos últimos 100 anos. Para isso já tem tecnologias e produtos que agregam esses conceitos e já estão disponíveis aos produtores.
APTA Regional
A Apta Regional vai participar do “Dia do Agricultor” com a apresentação de tecnologias, na área vegetal (batata, grãos, leguminosas e frutas) e no segmento animal de suínos, desenvolvidas nas Unidades de Pesquisa e Desenvolvimento (UPD) de Itararé, Itapeva e Capão Bonito, do Polo Sudoeste Paulista, e também no Polo Leste Paulista (Monte Alegre do Sul).
O Polo Sudoeste Paulista vai mostrar resultados de pesquisas realizadas com batata na Unidade de Itararé, em parceria com o IAC. Destacam-se as cultivares IAC- Itararé, IAC-Aracy Ruiva, IAC- Aracy e IAC-Apuã, criadas e multiplicadas na unidade, além de outras variedades em fase de registro e lançamento, todas com alta resistência às principais doenças fúngicas de folhagem e viroses e indicadas também para o sistema de produção orgânica. Entre as cultivares em fase de lançamento podem ser citadas IAC-Vitória, IAC-Ibituaçu e IAC-16.16 (pele vermelha).
A UPD Itararé vai apresentar, ainda, a tecnologia broto/batata-semente, desenvolvida em conjunto com o Centro de Fitossanidade/Seção de Virologia do IAC. O agricultor, ao comprar a batata-semente, faz a desbrota dos tubérculos-semente para emitir novas brotações e levar aquela semente ao plantio, jogando fora os brotos (lixo). Ou seja, muitas vezes ele descarta os brotos que servem para novo plantio em condições de telado e podem resultar em batata-semente de ótima qualidade e livre de vírus, desde que a origem da batata tenha alta sanidade (cultivares importados e certificados).
Já a unidade de Itapeva, também do Polo Sudoeste Paulista, vai expor uma fêmea suína com 10 leitões na fase de lactação, além de apresentar tecnologias para a criação de suínos. Além disso, vai mostrar a técnica de inseminação de suínos, especialmente a mobilidade espermática, diluentes e antibióticos utilizados no processo de diluição do sêmen.
A unidade de Capão Bonito, do Polo Regional Sudoeste Paulista, vai apresentar variedades de sementes de diversos produtos agrícolas, desenvolvidas em parceria com o IAC, abrangendo aveia branca, cevada, triticale, trigo, arroz, amendoim, gergelim, crotalária juncea, crotalária spectabilis, mucuna preta comum, tremoço, feijão guandu-diplomata (feijão preto), soja, milheto, milho pipoca, milho, mamona, girassol etc.
O Polo Leste Paulista vai participar com a tecnologia de cultivo de morangos em ambiente suspenso, desenvolvida em Monte Alegre do Sul. A produção dessa fruta – a partir de variedades em sacolas de polietileno sobre bancada e canteiro, em estufa, sem solo, preenchidas com fibra de coco e palha de arroz carbonizada, com sistema de manejo alimentar via fertirrigação – melhora a produtividade, com benefícios para produtor em termos de tempo de trabalho e de bem estar (ergonometria).


Assessoria de Comunicação/Secretaria
Marina Mantovani/Adriana Rota/Melissa Cerozzi
Tel.: (11) 5067-0069
Acompanhe a Secretaria:
www.agricultura.sp.gov.br
www.twitter.com/agriculturasp
www.flickr.com/agriculturasp
www.youtube.com.br/agriculturasp
www.facebook.com

 

Pin It

Notícias por Ano