Apta

Curso de shelf-life do ITAL tem duas edições em 2018

O Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL), através do Centro de Tecnologia de Frutas e Hortaliças (Fruthotec), realizou o curso “Vida de Prateleira de Alimentos” em duas edições. O conceito de a vida-de-prateleira é considerado como o final da qualidade, determinada pela porcentagem de consumidores que consideram aquele produto desagradável.

O curso é ministrado há quase vinte anos e tem o objetivo de transferir informações sobre as reações que podem ocorrer em alimentos durante o processamento e armazenamento. No mercado, a vida-de-prateleira é um item de extrema importância para o lançamento do produto. Os alunos aprendem como projetar situações, fazer comparações, antecipar possíveis problemas e estimar o prazo de validade nas diversas situações de apresentação e comercialização de produtos alimentícios.

Silvia Moura, Coordenadora do Curso e Pesquisadora do ITAL, explica que a vida-de-prateleira é um dado requerido para o lançamento de produtos alimentícios nos mercados e a validade está associada à qualidade geral do alimento. “Dentre várias definições, a vida-de-prateleira é considerada como o final da qualidade, determinada pela porcentagem de consumidores que consideram aquele produto desagradável. O padrão de qualidade de um produto, assim como o limite para a perda desta qualidade, são parâmetros a serem definidos pela empresa, relacionando informações sobre o desempenho durante a vida útil e parâmetros econômico-comerciais”

Entre os participantes estavam profissionais ligados à pesquisa, à indústria, ao ensino e à fiscalização de alimentos. “A equipe do ITAL quis apresentar experiências, ferramentas e exemplos que ajudassem na elucidação e orientação para o enfrentamento dos problemas do shelf-life, essa é parte de contribuição ao setor de alimentos, bebidas e embalagen

Pin It

Notícias por Ano