cabecalho apta130219

Cuidados com o preparo do solo aumentam produtividade do trigo

As lavouras de trigo podem apresentar maior rentabilidade com a adoção de medidas que evitam a ocorrência de pragas e doenças características no início do ciclo. Os cuidados precisam ser adotados desde o preparo do solo para evitar a presença dos corós, que atacam a raiz da planta. O primeiro passo é verificar se há larvas de besouro na terra na hora do plantio. "O passo principal é ver qual a espécie e quantificar a população de insetos", orienta o pesquisador de Entomologia da Embrapa Trigo José Roberto Salvadori. Há necessidade, também, de fazer amostragem e monitorar o local com o suporte de um agrônomo. "É preciso saber separar os corós que são pragas daquelas espécies que são úteis na incorporação de matéria orgânica", explica Salvadori. Se o besouro for identificado, deve-se apurar sua densidade. A presença de cinco corós por metro quadrado indica a necessidade de controle. Uma alternativa é tratar a semente com inseticidas. As medidas são fundamentais, uma vez que, instalado, o coró se alimenta do trigo durante todo o ciclo da cultura. O tratamento da semente pode evitar também a incidência de pulgões, que vão sugando a seiva da planta até ocasionar a sua morte. "Uma das medidas para manter as lavours saudáveis é respeitar o calendário de rotação das culturas, deixando de plantar o trigo na mesma área por um ano", destaca o pesquisador da Embrapa Trigo, João Leodato Maciel. Redação Fonte: Correio do Povo
Pin It

Notícias por Ano