cabecalho apta130219

Cogumelo Shiitake é tema de eventos realizados pela APTA

 
A falta de diversificação ainda é uma dificuldade encontrada entre os produtores de cogumelos. Acostumados a produzir o Champignon de Paris em maior quantidade, e outros cogumelos em menor, produtores ainda lidam com o pouco, mas crescente consumo de cogumelos no País. Em alguns países europeus, o consumo é de aproximadamente dois quilos por ano, enquanto no Brasil chega a 60 gramas, segundos dados da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Nesse cenário, pesquisadores da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, irão realizar dois encontros. Um deles para produção de cogumelo Shiitake e outro para agregar valor ao produto. O primeiro encontro acontece no próximo dia 6, quinta-feira, e o segundo nos dias 7 e 8 de fevereiro, em Monte Alegre do Sul, interior de São Paulo.
O primeiro evento - Cultivo do cogumelo Shiitake em toras e em blocos - irá apresentar aos produtores a tecnologia de produção do cogumelo Shiitake em toras e blocos (axenico).  O segundo encontro - Agregação de valor a cogumelos Shiitake - já foi realizado em outra ocasião pela APTA e tem como objetivo agregar valor ao cogumelo Shiitake. O curso irá oferecer aos participantes noções de higiene, manutenção, técnicas de desidratação e defumação, além de noções gastronômicas. “A desidratação e defumação de cogumelos permitem ao fungicultor aproveitar completamente sua produção assim como diversificar e agregar valor aos seus produtos, gerando renda e melhoria de vida no campo”, afirma o pesquisador da APTA, Daniel Gomes. Para finalizar, será oferecido um jantar, em que todos os pratos servidos terão como base o cogumelo.
Essas técnicas, segundo Gomes, são importantes para que os produtores conheçam novas formas de aplicação do produto, além de aprenderem a reaproveitar subproduto – produtos considerados “feios” pelo consumidor e aptos para o consumo – e assim, não perder o que foi produzido. “É de grande importância para esses pequenos produtores que haja uma diversificação para oferecer ao consumidor final, por ser mais uma fonte de renda e não depender tanto de uma só variedade”, explica o pesquisador da APTA.
O Polo Regional Leste Paulista, da APTA, em Monte Alegre do Sul, já realiza trabalhos de melhoria no cultivo de cogumelos, em que reduziu em até 40% os custos de produção para os fungicultores. A pesquisa realizada pelo pesquisador da APTA, Daniel Gomes, teve como objetivo principal modificar a visão dos produtores que antes não conheciam os benefícios dos cogumelos e trabalhavam apenas com o produto em conserva.
Esse ganho na renda dos produtores foi possível devido à redução do custo da cocção, dos conservantes e da mão de obra. "Produzir cogumelos in natura ainda exclui a concorrência do cogumelo importado (cozido), que vem gerando grandes transtornos aos produtores nacionais devido à concorrência desleal de preços", afirma o pesquisador da APTA. Segundo ele, as vantagens do cogumelo fresco são inúmeras e garantem qualidade nutritiva e sabor diferenciado.
O pesquisador também coordenou uma pesquisa gastronômica em que foram desenvolvidas receitas adaptadas ao paladar brasileiro. O trabalho foi desenvolvido junto ao gastrônomo e consultor de gastronomia do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE/SP), Leonardo Paiva. O resultado do trabalho será impresso em um livro de receitas com a finalidade de introduzir o alimento ao cardápio do brasileiro, já que o consumo ainda é pequeno.
Serviço
Cultivo do cogumelo Shiitake em toras e em blocos
Data: 06/02/2014
Local: APTA Regional Leste Paulista
Endereço: Estrada Municipal Monte Alegre/ Pinhalzinho KM 03 – Monte Alegre do Sul - SP
Programação:
17h30 - Recepção dos participantes.
18h - Cultivo de cogumelos Shiitake em toras e blocos.
20h - Encerramento.
Mais informações: (19) 3899-1286
 
Agregação de Valor a Cogumelos Shiitake
Data: 07 e 08/02/2014 (Sexta e sábado)
Local: APTA Regional Leste Paulista
Programação:
Sexta Feira-
12h - Recepção dos participantes
13h - Panorama da fungicultura nacional e apresentação da ANPC (Sr. Carlos Lima)
14h30 - Regulamento Técnico sobre condições higiênico sanitárias e de boas praticas de fabricação para estabelecimentos produtores / industrializadores de alimentos. Principais legislações a respeito.
16h - Noções básicas de preparo de conservas de alimentos.
19h30 - Jantar de confraternização.
 
Sábado-
8h - Recepção dos participantes.
8h30 - Noções básicas de secagem e defumação de produtos agrícolas.
10h - Aula pratica de preparo de conserva de cogumelos.
11h30 - Almoço.
14h - Aula pratica de preparo de cogumelos desidratados e defumados.

16h30 - Encerramento.

Texto: Sandy Quintans 
Estagiária – Assessoria de Imprensa - APTA

Pin It

Notícias por Ano