cabecalho apta130219

CENTRO DE TECNOLOGIA PARA CEREAIS E CHOCOLATES COMPLETA 10 ANOS

O Centro de Tecnologia de Cereais e Chocolate - Cereal Chocotec, do Instituto de Tecnologia dos Alimentos (Ital), completa dez anos de pesquisa e desenvolvimento em produtos de panificação, chocolates, barras de cereais, balas e confeitos com a inauguração de suas novas instalações nesta quarta-feira (29/8), a partir das 18 horas. O secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado, João Sampaio, estará presente. O Centro precisou ser reformado depois de ter sido atingido por um vendaval, em 2005. As obras incluem a construção de salas para os pesquisadores e um auditório para a realização de treinamentos. Foram investidos R$ 640 mil, entre recursos do Governo do Estado e da Financiadora de Estudos e Projetos do Ministério de Ciência e Tecnologia (Finep). Também na quarta-feira, durante o dia, será realizado um seminário sobre o tema snacks, voltado para o setor da indústria especializada. A programação inclui, ainda, a exposição de produtos e tecnologias criadas pelo Centro nestes dez anos. “Quando vamos ao supermercado ou consumimos alimentos, não temos a noção da importância das pesquisas geradas pelo Ital para o desenvolvimento dos produtos”, afirma o secretário. Segundo a diretora técnica do Cereal Chocotec, Denise Jardim, o foco é atender à indústria. “Para cultivarmos a assistência com um padrão tecnológico e científico que viabilize a inovação e o desenvolvimento, mantemos nossa formação em pesquisa, com treinamentos a funcionários de empresas do setor e serviços prestados na área de economia e mercado”, explica. SOBRE O ITAL - O Ital é um dos “braços” da Secretaria de Agricultura. Criado em agosto de 1963 por decreto que previa a organização do Centro Tropical de Pesquisa e Tecnologia de Alimentos, o CTPTA, foi transformado em Ital pelo Decreto 52.167, de em julho de 1969. Ele atua na pesquisa, desenvolvimento e assistência tecnológica industrial para o setor de alimentos, o que inclui avaliação e controle de qualidade, certificação de qualidade de produtos e embalagens para exportação, além de desenvolvimento de embalagens inovadoras e alimentos com agregação tecnológica. Também presta serviços na análise dos alimentos servidos nos restaurantes Bom Prato e do leite distribuído pelo Projeto Vivaleite, ambos realizados pela Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (Codeagro) da Secretaria. É responsável direto pelas análises de alimentos clandestinos apreendidos pela Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA), também ligada à Secretaria. São 300 profissionais atuando no Instituto. O Ital dispõe de plantas-piloto para processamento de frutas, vegetais, carnes, laticínios, chocolate, macarrão, pães, bolos e biscoitos. Tem, ainda, laboratórios para avaliação de propriedades físicas de engenharia, propriedades físicas, químicas e reológicas (viscosidade) de alimentos frescos e processados; laboratórios de propriedades físico-mecânicas e de barreira a gases e a vapores de embalagens plásticas, metálicas, celulósicas. À frente da diretoria técnica, o pesquisador Luís Fernando Ceribelli Madi afirma que o Instituto é um exemplo de parceria com o setor privado no desenvolvimento de novas tecnologias na área de alimentos. SERVIÇO Dez anos do Cereal Chocotec Local: Ital – Avenida Brasil, 2.880 – Campinas/SP Horário: a partir das 18 horas Informações: Assessoria de Comunicação da Secretaria Tel.: 11 5067-0069 – www.agricultura.sp.gov.br Euzi Dognani/Adriana Rota Assessoria de Imprensa do Ital (19) 3743-1757
Pin It

Notícias por Ano